Especialista aponta cuidados com clareamento dentário

Especialista aponta cuidados com clareamento dentário

A decisão de fazer o clareamento dentário exige alguns cuidados especiais. O dentista Luciano Teodoro Eleotério alerta que antes de realizar qualquer tipo de procedimento, é necessário procurar um especialista para seguir o tratamento de acordo com a necessidade de cada pessoa. “No clareamento de consultório o dentista isola os dentes para proteger a gengiva e aplica um agente oxidante forte. O clareamento  consiste na ativação do gel clareador especial sobre o dente de uma forma mais rápida que a convencional, podendo assim obter o efeito desejado em uma única sessão”, afirma. Após o procedimento, os efeitos colaterais que podem aparecer são sensibilidade dolorosa e irritação nas gengivas. Além disso, é indicado evitar o uso de algumas substâncias, destacando-se: alimentos com coloração forte, como o chocolate, bebidas (café, refrigerantes, vinhos, etc), soluções para bochecho, cigarro, entre outros. Luciano destaca ainda que não existe uma melhor técnica para o clareamento dentário. “Podemos resolver os casos com a técnica caseira, com a técnica de consultório ou combinada. Devemos avaliar o grau de descoloração, o estilo de vida do paciente, sua disciplina e a rapidez desejada no clareamento”, frisa. Ele conta que no clareamento de consultório o resultado aparece na mesma sessão, já no clareamento caseiro após sete dias.   Dr. Luciano Teodoro Eleotério CRO/SC 8.109 Graduado em Odontologia e Especialista em Ortodontia e Ortopedia pela Universidade de Santo Amaro (SP), o dentista Luciano atende em Blumenau, Santa Catarina (SC).   Mais informações: Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa Blumenau – Santa Catarina (47) 3041-2990 ou 3035-5482 |...
BluSol realiza Compensação do Passivo Ambiental em SC

BluSol realiza Compensação do Passivo Ambiental em SC

  A Instituição Comunitária de Crédito Blumenau Solidariedade (BluSol), promove a Compensação do Passivo Ambiental em Santa Catarina (SC). As ações ocorrem nos municípios de Indaial, São José e Jaraguá do Sul. Segundo a analista administrativa da BluSol, Ana Paula Lana Conzatti, esta idealização é para compensar o espaço da instituição com o meio ambiente. “Por meio do balanço social que realizamos anualmente, mesmo não sendo obrigatório, a instituição compensa a  impermeabilização do solo nas áreas urbanas. Além de contribuir com o meio ambiente, auxilia também a inclusão social de crianças carentes, educação ambiental e a sustentabilidade”,  explica. Conzatti conta ainda que o projeto foi dividido de acordo com as principais bacias hidrográficas do Estado. Confira a seguir as escolas e regiões selecionadas de acordo com cada bacia hidrográfica de SC. Filial BluSol de Indaial: doação para Escola Básica Municipal Professor Mario Bonessi Bacia do Rio Itajaí Açu (responsável pelas regiões do Alto e Médio Vale do Itajaí). A escola desenvolve, desde 2009, projetos sobre Educação Ambiental e Sustentabilidade. Com esta doação, a escola preparou o espaço para o plantio de uma horta, que será realizado pelos próprios alunos no início das aulas, em 2016. Filial BluSol de Jaraguá do Sul: doação para a Fujama (Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente). Bacia do Itapocu (região de Joinville e Jaraguá do Sul). A analista administrativa frisa que foram compradas mudas para recuperação de Mata Ciliar, no entanto, o plantio será no início do ano que vem, por conta das chuvas ocorridas na região. Filial BluSol de São José: doação para Cedep (Centro de Educação Popular) Bacia do Rio Cubatão do Sul ...
Planejamento financeiro para 2016 é prioridade para as empresas conseguirem superar a crise

Planejamento financeiro para 2016 é prioridade para as empresas conseguirem superar a crise

O fim de ano já está batendo à porta. Para muitas empresas, 2015 foi um ano de grandes dificuldades, em consequência da crise econômica no país. Em 2016, o cenário econômico também não é dos mais animadores. Apesar dessas dificuldades, o consultor da SBA Consultores Associados com formação Contábil e especializações em Administração Financeira e Mercado de Capitais, Roberto Machado, ressalta que as empresas devem aproveitar o momento de crise para planejar e rever estrutura e processos, reduzir custos e despesas.   Para o consultor, o momento do planejamento gera uma oportunidade de reavaliar as perdas de processo, custos de matérias primas e outras despesas fixas e variáveis da área de produção. “Em momentos como esse, as empresas perdem faturamento e os gestores se obrigam a reduzir custos e despesas. Com essas reduções de gastos desencadeiam-se ideias inovadoras, normalmente com excelentes resultados, e que a partir deste momento passarão a fazer parte da empresa, gerando mais resultado quando a instabilidade passar”, afirma Machado, lembrando ainda que um bom planejamento se faz com envolvimento da equipe.   Modelagem financeira Mesmo passando por um momento de problemas políticos e econômicos é primordial para a existência e sobrevivência de qualquer empresa o desenvolvimento de uma modelagem financeira do negócio. Com ela, os empresários podem traçar diferentes cenários, tanto estratégicos quanto econômicos, visualizando não somente o DRE, Balanço e Fluxo de Caixa da empresa, mas o Break-even Point (ponto de equilibrio) da empresa. “Para o planejamento do próximo ano, existem muitas maneiras de investir o capital, fundos de renda fixa, caderneta de poupança, entre outros. Quanto maior o risco, maior o retorno esperado....
Grupo Inventti projeta crescimento de até 50% para 2016

Grupo Inventti projeta crescimento de até 50% para 2016

O Grupo Inventti vai fechar 2015 com um crescimento de 23% em faturamento e 30% em vendas. Para o próximo ano, a meta é crescer até 50% em um de seus principais segmentos de negócio. “Em um cenário de desaceleração da economia, com o PIB diminuindo mais de 3%, entendemos que é um valor muito positivo para 2015”, analisa o diretor de marketing da Inventti, Tibério César Valcanaia. Em 2015, grupo dividiu as operações dos negócios em duas marcas: a Inventti, fornecedora de soluções robustas e confiáveis para qualquer documento fiscal eletrônico, e o myrp, com foco em micro e pequenas empresas de todos os setores, incluindo o varejo, com o uso da NFC-e e S@T CF-e. “Utilizando as melhores práticas de e-DOCs fornecidas pela Inventti, o myrp tem como objetivo simplificar as operações do pequeno empreendedor, gerando vantagem competitiva, pelo baixo custo e alto nível de integração entre os principais processos de uma pequena empresa”, explica Valcanaia. Já a Inventti, com essa divisão, saiu em 2015 consolidada como fornecedora oficial de sistemas para documentos fiscal eletrônicos dos principais players do mercado mundial, que estão desembarcando no Brasil para atuar no novo varejo. “Entre alguns exemplos, podemos destacar a Oracle Micros e Toshiba. São empresas que fazem questão de possuírem uma solução robusta e que atenda as regras brasileiras”, complementa o diretor de marketing. Para 2016, a meta será de 25% de crescimento na Inventti e 50% no myrp. “Muito do crescimento projetado para 2015 foi transferido para 2016 em virtude da postergação de uma série de obrigatoriedades para NFC-e e S@T CF-e, isso junto ao cenário econômico atual,...
Férias combinam com exercícios

Férias combinam com exercícios

  Durante o mês de janeiro, é comum as pessoas ficarem longe de casa e da academia, por isso, muitas vezes, a prática de exercícios físicos fica comprometida neste período. Mas, é possível começar 2016 de forma diferente. A fisioterapeuta Gabriela Murara Junckes destaca que as férias são ideais para relaxar e também podem ser ótimas para cuidar do corpo de forma divertida e saudável. Confira as dicas da especialista: 1 – As férias devem ser o período de manutenção dos resultados adquiridos durante um ano de exercícios físicos e alimentação saudável, então, não deixe ir tudo por água a baixo. 2 – Aproveite as férias para praticar exercícios ao livre, que, além de manter seu corpo ativo, irão ajudar na absorção da vitamina D, já que durante a primavera, na região Sul, não tivemos muitos dias de sol. 3 – Unir os exercícios físicos ao lazer é uma ótima pedida. Quem vai aproveitar as férias na praia pode fazer caminhadas à beira-mar, praticar esportes como vôlei de praia, futebol, frescobol, natação, Stand up Paddle, remo, mergulho, entre outros. 4 – Quem vai optar pelo campo pode fazer passeio a cavalo, caminhar em trilhas ou fazer passeios de bicicleta, Além disso, alguns hotéis fazenda oferecem muitas opções de atividades recreativas e até esportes mais radicais, como rapel e escaladas. 5 – Se vai viajar, aproveite para conhecer novos lugares caminhando, assim você pode apreciar melhor a paisagem, sem deixar os exercícios de lado. Muitos hotéis e navios também oferecem academia, informe-se! 6 – Academia fechada não é desculpa! Quem vai passar as férias na cidade ou até mesmo trabalhar...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: