SESI inicia campanha de vacinação contra a gripe para trabalhadores da indústria

SESI inicia campanha de vacinação contra a gripe para trabalhadores da indústria

A campanha de vacinação contra a gripe promovida pelo SESI, entidade da FIESC, já iniciou. Neste ano, a expectativa é imunizar 180 mil trabalhadores de 3,4 mil indústrias catarinenses. Na região do Vale do Itajaí, o objetivo é vacinar 35 mil pessoas. As empresas interessadas em participar da campanha devem se cadastrar no site vacinacao.sesisc.org.br até o dia 14 de abril. As indústrias que realizarem o cadastro até o dia 24 de março pagarão o valor de R$ 19,90 por vacina. Após essa data, o custo será de R$ 21,50. A novidade deste ano é que, além da vacina trivalente, será oferecida a quadrivalente. “A vacina quadrivalente protege contra um vírus que ainda não teve casos registrados no Brasil. Ela chegou ao Brasil no ano passado e decidimos oferecer, pois muitas pessoas viajam para outros países”, explica a supervisora de enfermagem da Clínica Sesi, Mariana da Silva. O custo da vacina quadrivalente será de R$ 27,50. Além dos trabalhadores da indústria, a campanha irá atingir seus dependentes e a comunidade em geral. Mais informações no site vacinacao.sesisc.org.br, pelo e-mail faleconosco@fiescnet.com.br ou por meio da Central de Atendimento 0800 48 1212.   Prevenção Ainda segundo Mariana, a vacinação contra a gripe é de extrema importância para a comunidade em geral e deve ser tomada anualmente. “As indústrias dependem de trabalhadores saudáveis e a vacina pode reduzir o número de faltas por causa da doença, impactando diretamente no absenteísmo. Além disso, por trabalharem em ambientes fechados e com um grande número de pessoas, as chances do vírus se disseminar é muito maior, o que, mais uma vez, mostra a importância da...
5 vantagens da automatização da gestão para pequenos empreendedores

5 vantagens da automatização da gestão para pequenos empreendedores

O cenário econômico atual e a necessidade cada vez maior de reduzir custos e aumentar a produtividade exigem dos pequenos empreendedores ainda mais organização e eficiência na gestão dos negócios. É preciso agilidade e segurança em todas as operações e, principalmente, no planejamento e controle financeiro da empresa. E neste momento, um sistema de gestão pode ser fundamental para a organização das finanças e a redução de custos. A consultora de negócios do myrp, Karine Gresser, mostra cinco vantagens que o pequeno empreendedor pode ter ao automatizar a gestão de seu negócio:   1- Melhor visualização das receitas e despesas Com um sistema de gestão, é possível organizar todas as entradas e saídas de recursos por categorias, para que o empresário consiga visualizar corretamente de onde vem o dinheiro e para onde estão sendo direcionados os gastos. “Aqui é importante detalhar o máximo possível e separar inclusive a receita da venda de produtos e da prestação de serviços, para saber quais os valores são originados de cada tipo de receita”, explica a consultora de negócios do myrp. Isso vale, por exemplo, para empresas que fazem os dois tipos de venda como as de informática e oficinas mecânicas, que executam o conserto e também comercializam as peças para a reposição.   2 – Possibilidade de redução dos gastos Com todas as informações automatizadas e as categorias de receitas e despesas bem especificadas, o empreendedor pode ter uma noção mais exata de onde é gasto o dinheiro da empresa e reduzir alguns itens desta despesa. “Um exemplo bem claro da vantagem de automatizar é quanto temos uma categoria como ‘Despesas com...
Novos voluntários podem participar do Osblu  e da luta contra a corrupção

Novos voluntários podem participar do Osblu e da luta contra a corrupção

Todas as atividades do Observatório Social de Blumenau (Osblu) em defesa do dinheiro do contribuinte, controle dos gastos públicos e contra a corrupção são realizadas por meio de voluntários, divididos em diferentes grupos de interesse. Entre as atividades, está o acompanhamento de licitações; análise jurídica; monitoramento de compras, obras e prestação de serviços pelos órgãos públicos. Os voluntários podem ainda atuar na verificação de aditivos contratuais, acompanhando o empenho de pagamentos e preços pagos pelo governo, conferindo se são compatíveis com o mercado. Quem tem algum conhecimento nas áreas de engenharia, arquitetura, alimentação, jurídico, contabilidade, informática, mobilidade urbana, meio ambiente, turismo e gostaria de ajudar a cidade a controlar e melhorar os gastos públicos pode se tornar um voluntário do Osblu. A busca por novos voluntários integra uma fase de expansão das atividades do Observatório. Pensando nisso, acontece, no dia 19 de abril, a partir das 18h30, o evento Sensibilização e Captação de Voluntários, no auditório da Acib, na rua Ingo Hering, 20 – oitavo andar do Neumarkt Trade & Financial Center. “O foco do evento é mostrar a relevância deste importante trabalho voluntário, para ajudar a nossa cidade a controlar os gastos púbicos. No dia, serão estabelecidos núcleos de fiscalizações em diversas áreas, como engenharia, arquitetura, alimentação, jurídico, contabilidade, informática, mobilidade urbana, meio ambiente, turismo, entre outras que os voluntários presentes possuam conhecimentos para a fiscalização”, explica Jorge Lobe, diretor do Osblu. O evento contará com a participação de voluntários que já realizam as atividades no Osblu, apresentando alguns dos resultados obtidos anteriormente. Além da apresentação dos voluntários, será feita uma discussão sobre todos os trabalhos desenvolvidos pelo...
Tuberculose está entre as doenças infecciosas que mais matam no mundo

Tuberculose está entre as doenças infecciosas que mais matam no mundo

A tosse, na maioria das vezes, pode ser um dos sintomas associados a alergias, gripes, entre outras doenças respiratórias. No entanto, é bom ficar atento, pois ela pode ser o indício de uma doença infecciosa e transmissível que afeta prioritariamente os pulmões: a Tuberculose (TB). De acordo com o Ministério da Saúde são, aproximadamente, seis milhões de novos casos descobertos por ano em todo o mundo, levando mais de um milhão de pessoas a óbito.  Para diminuir os números alarmantes, a Organização Mundial da Saúde e a União Internacional Contra Tuberculose e Doenças Pulmonares estipularam, em 1982, o dia 24 de março como o Dia Mundial de Combate à Tuberculose. O pneumologista do Hospital Dia do Pulmão (HDP), Jorge Dornelles Diehl, ressalta que quando o sintoma persiste por mais de três semanas é preciso investigar melhor suas causas. “A tosse, quando acompanhada por secreção e sangue, mal estar, dor no peito, perda de peso, suor e febre merecem uma atenção especial. Causada pelo Bacilo de Koch (BK), a tuberculose geralmente afeta os pulmões, mas também pode atingir qualquer outra área do corpo. É uma doença que tem cura, porém possui um tratamento longo e que não deve ser interrompido”, ratifica. A enfermidade é uma das doenças infecciosas que mais mata no mundo. Segundo ainda o Ministério, no Brasil, são notificados aproximadamente 70 mil casos novos por ano e ocorrem 4,6 mil mortes em decorrência da doença. O Brasil ocupa o 17º lugar entre os 22 países responsáveis por 80% do total de casos de tuberculose no mundo. O pneumologista explica que o contágio se dá por meio da inalação...
Cervejas artesanais harmonizam com cardápio de Páscoa

Cervejas artesanais harmonizam com cardápio de Páscoa

Que tal dar um toque especial ao cardápio tradicional de Páscoa? Harmonizar pratos à base de peixes e frutos do mar, sobremesas e chocolates com uma cerveja artesanal é uma boa opção para variar o cardápio e obter um resultado de dar água na boca. O sommelier da cervejaria Bierland, Yuri Holbrich, afirma que algumas opções de rótulos que, combinados de forma correta, podem dar ainda mais sabor às delícias de Páscoa. Para o almoço ou jantar de Sexta-Feira Santa, os peixes e frutos do mar são as opções mais escolhidas. A sugestão de Yuri é harmonizar esses pratos com a Bierland Witbier. “Esta é uma cerveja de alta fermentação, aromática e saborosa. O destaque são as notas cítricas e de especiarias, como o coentro, que, combinadas ao corpo médio-baixo e com a alta carbonatação, a tornam leve e refrescante, fazendo com que ela seja uma ótima opção para servir com frutos do mar”, explica. A dica é combiná-la com pratos como bacalhoada, salmão ao forno com batatas ou um risoto de frutos do mar. Outra cerveja artesanal ideal para o cardápio desta sexta-feira é a Bierland Pilsen. Assim como a Witbier, ela apresenta características que ressaltam o sabor de peixes e frutos do mar. “A Pilsen tem corpo baixo e boa carbonatação, fazendo com que ela harmonize também com saladas frescas”, destaca Holbrich.   Chocolates O destaque da Páscoa vai para os chocolates e sobremesas, que também combinam com cervejas artesanais. O sommelier indica a Bierland Imperial Stout, que é uma cerveja escura e de pouca espuma, complexa, rica em aromas e sabores de malte tostado, lembrando toffee,...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: