A sua empresa tem as habilidades digitais certas para 2017?

A sua empresa tem as habilidades digitais certas para 2017?

Na era pré-digital, gerente de Marketing e executivo de Marketing eram papéis comuns nos sites de recrutamento. Hoje, é mais provável vermos anúncios para gerente de Marketing Digital ou posições especializadas como gerente de Marketing de Conteúdo, Marketing de Pesquisa ou especialista em Inbound Marketing.   De acordo com uma pesquisa global realizada pela Robert Walters, nos EUA, esses papéis estão se tornando mais comuns em todo o mundo, enquanto a escassez de talentos deve intensificar-se. Para muitas organizações que procuram obter expertise na área digital, enquanto 81% têm uma estratégia digital, apenas 74% têm a estrutura e as competências internas necessárias para cumprir essa estratégia.   Quando as habilidades foram examinadas em uma escala global, a pesquisa observou que a estratégia e o planejamento apareceram como as principais deficiências no que diz respeito às habilidades nas organizações de acordo com 58% dos profissionais de marketing nos EUA, 55% no Reino Unido e 42% na Irlanda. Para os EUA em particular, 63% dos entrevistados que trabalham em papéis do marketing digital traçam uma batalha com essas habilidades específicas.   Ainda segundo o levantamento, as sete competências essenciais de marketing digital que sua força de trabalho terá que desenvolver neste ano são: Email Marketing/Automação de Marketing, Social Media, análise de multicanais, planejamento integrado de campanhas, marketing de conteúdo, SEO (busca orgânica) e Adwords.   Mas, como preencher essa lacuna? Uma opção é buscar especialistas com know-how e experiência fora da empresa, terceirizando algumas das atividades ligadas ao departamento de Marketing, como pesquisas, assessoria de imprensa, marketing de conteúdo, gerenciamento de redes sociais, inbound marketing, SEO, entre outras. Converse com a...
Paraguai pode ser solução de produção mais barata e sem burocracia para empresas brasileiras

Paraguai pode ser solução de produção mais barata e sem burocracia para empresas brasileiras

O Paraguai vem sendo considerado a “China da América do Sul”. Nos últimos dez anos, vem registrando crescimento médio de 4,5% ao ano e a inflação está sob controle há 20 anos, ao redor de 5% ao ano. O país também possui acordos internacionais como Mercosul, Aladi e SGP – Sistema Geral de Preferências, da União Europeia. Tudo isso é um prato cheio para atração de investimentos estrangeiros e vem sendo cada vez mais uma opção para as empresas brasileiras. O Brasil já responde por dois terços dos investimentos feitos no país. “O sistema tributário do Paraguai é simplificado. O imposto calculado sobre as receitas internas e sobre a renda é único. O referido imposto, IVA – Imposto sobre Valor Agregado, possui uma alíquota de 10%”, explica a especialista em gestão tributária e sócia da Contax, Débora Correa. Segundo ela, para incentivar a atividade econômica no País, especialmente na importação, o imposto incidente no desembaraço aduaneiro é suspenso/diferido, ou seja, o imposto na importação possui alíquota zero em todas as entradas de insumos, produtos acabados e bens de capital. Além disso, o Paraguai também oferece incentivos para exportação como a Lei da Maquila e a Lei da Zona Franca, sendo de 1% e 0,5%, respectivamente, a alíquota de tributação dessas receitas. Outra vantagem para investir no Paraguai, de acordo com Débora, em face aos acordos internacionais celebrados e sua participação no Mercosul, é a exportação para o Brasil com as vantagens comerciais e tributárias aplicadas aos membros do bloco. No entanto, a especialista alerta que, antes de a empresa migrar sua produção ou parte dela para Paraguai, é importante...
SESI vai sediar Torneio Regional de Robótica nos dias 4 e 5 de março

SESI vai sediar Torneio Regional de Robótica nos dias 4 e 5 de março

O Complexo Esportivo do SESI, em Blumenau, será sede do Torneio Regional de Robótica da FLL (First Lego League) nos dias 4 e 5 de março de 2017. Participam da competição 30 equipes, com aproximadamente 250 alunos de 9 a 16 anos, de escolas públicas e particulares. Blumenau será representada por duas equipes, a “RIP” e a “Imagine Robots”, formadas, no total, por 10 alunos do curso de robótica do SESI de Blumenau. O torneio ocorre no sábado (04), das 9h às 19h30min, e no domingo (05), das 8h às 12h15min. As semifinais acontecem dia 05 a partir das 10h20min. E às 12h15min inicia a cerimônia de premiação, seguida do encerramento. A expectativa é receber cerca de 2.500 visitantes nos dois dias de evento. Por meio de uma experiência lúdica, os times são desafiados a usar a criatividade para investigar problemas e buscar soluções inovadoras para situações da vida real. O tema dessa temporada do torneio, “Animal Allies”, estimula os estudantes a pensarem como cientistas e engenheiros, pois os incentiva a explorar a relação entre pessoas e animais. Cada equipe deverá projetar, construir e programar robôs autônomos para cumprir missões da mesa de competição em tempo máximo de dois minutos e 30 segundos. “O torneio é mais do que um evento de robótica, é uma metodologia educacional que fortalece a capacidade de inovação, criatividade e raciocínio lógico, inspirando os jovens a seguir carreira no ramo da engenharia, matemática e tecnologia”, comenta a diretora do SESI Vale do Itajaí, Dalila Leite Mendonça de Carvalho. Categorias A avaliação será feita em quatro categorias: Core Values (valores fundamentais da vida -inclusão, respeito,...
6 passos para empreender com sucesso em 2017

6 passos para empreender com sucesso em 2017

Empreender é sempre um desafio para a maioria das pessoas. E como o início de ano é um período em que muita gente aproveita para colocar em prática novos negócios, vamos ajudar você com alguns passos importantes para evitar erros e apostar em estratégias corretas. As dicas são do empreendedor, Tibério César Valcanaia, diretor do myrp, que já viveu com sucesso essa experiência de começar um novo empreendimento. 1 – Planeje antes de começar Planejar muito bem o negócio antes de começar é fundamental. É preciso entender seu mercado, conhecer a concorrência, saber quanto precisa ser investido e a previsão de receita. Mas o principal é ser apaixonado por aquilo que vai fazer. Também vale a pena conversar com futuros clientes, fornecedores, distribuidores, parceiros e amigos que já possuam negócio próprio. Sempre que possível, vale a pena estudar processos empresariais. Muitas pessoas que resolvem iniciar um novo negócio têm formação técnica e depois precisam ter noções mais amplas sobre as várias áreas, como planejamento, finanças, comercial e marketing. 2 – Monte uma boa equipe Uma das primeiras dificuldades para quem está iniciando um negócio é montar uma boa equipe. Como a empresa é nova, quem embarca nesse desafio tem que fazer parte do sonho do empreendedor e acreditar que ele vai dar certo. No início da empresa, muitas vezes, questões como ambiente de trabalho e horários são secundárias. O objetivo principal é deixar o produto pronto para o mercado. Por isso é importante que todo o grupo esteja alinhado nesse sentido. 3 – Defina prazos e custos realistas O empreendedor, normalmente, é muito otimista com sua ideia, por isso...
Sescon entrega projeto ao prefeito buscando garantir pagamento  de ISS fixo para contadores optantes pelo Simples

Sescon entrega projeto ao prefeito buscando garantir pagamento de ISS fixo para contadores optantes pelo Simples

Representantes do Sescon Blumenau se reuniram nesta terça-feira (21) com o prefeito Napoleão Bernardes para entregar a minuta de um projeto de lei que garante às empresas de contabilidade de Blumenau optantes pelo Simples Nacional o pagamento do ISS pelo regime fixo. A proposta baseia-se em legislação federal (Estatuto Nacional da Microempresa e Empresa de Pequeno Porte) e na Lei Complementar Municipal nº 632/2007. O presidente do Sescon, Jefferson Pitz, explica que, no final do ano passado, uma instrução normativa da Secretaria Municipal da Fazenda, instituiu tributação diferente do que já determinava a lei municipal para algumas empresas de contabilidade. “O que estamos buscando é regulamentar o que já está disposto na legislação federal, sem prejuízos para as empresas de contabilidade”, afirma. Também estiveram presentes na reunião o vereador Jens Mantau (PSDB), o secretário de Gestão Financeira, Ronaldo Wan-Dall e o diretor de Receita, Cesar Domenico Poltronieri. O projeto agora será analisado pela Secretaria de Gestão Financeira. A expectativa do Sescon é que ele seja enviado à Câmara Municipal pelo Executivo para apreciação dos vereadores. Mais informações: Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa Blumenau – Santa Catarina (47) 3041-2990 ou 3035-5482 |...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: