Crenças limitantes: quais são as suas?

Marjorie Fenster

Master Coach.

 

O ser humano nasceu para aprender. Cada um cresce de uma forma, ao lado dos pais, amigos, familiares, professores, entre outras pessoas que estão ao nosso lado para ensinar, seja algo positivo ou também negativo em alguns casos. A todo instante, desde o nascimento, absorvermos informações que nos tornam a pessoa que somos hoje e que cremos estar seguindo o caminho certo.

 

Nossas crenças foram criadas de acordo com o que vivemos, vimos, ouvimos e sentimos, por repetição ou por forte impacto emocional. Porém, algumas dessas crenças em vez de encorajar, limitam e impedem o crescimento tanto na vida pessoal quanto profissional.

 

Quem nunca disse a si mesmo frases como “dinheiro é sujo”; “eu não nasci para isso”; “eu não tenho tempo”; e “sou velho demais para tal coisa”. Elas servem como desculpas para nos proteger. O ser humano se alimenta diariamente de crenças limitantes como estas e as usa como argumentos para os erros cometidos, para não agir e, principalmente, para não tomar a direção da vida. A partir do momento que se permite que esses pensamentos dominem as ações, consequentemente, perdem-se diversas chances, qualidade e oportunidades de vida.

 

Pela minha experiência, as crenças que mais limitam ou sabotam as pessoas são geralmente aquelas inseridas ainda na infância. São interpretações e pensamentos que o indivíduo assume como verdade e que o impedem de desenvolver suas melhores habilidades, competências e emoções. Por isso, é fundamental se questionar, avaliar-se a todo instante e entender como essas crenças limitantes atrapalham o seu modo de viver. É importante, ainda, aprender a identificá-las e, principalmente, entender o quanto elas têm impactos na vida. A partir do momento que se começa a identificar e a questionar as crenças limitantes, é possível reprogramá-las.

 

O cérebro é capaz de desenvolver novas crenças a partir de um novo comportamento e de novas experiências. Isso é conhecido como plasticidade neural, uma capacidade de reprogramar as crenças limitantes e criar um novo caminho no cérebro, ou seja, é a possibilidade de mudar qualquer crença por meio de técnicas aplicadas.

 

Pensar positivo é umas das chaves principais para impedir as crenças limitantes e quando o indivíduo tornar isso um hábito, conseguirá lidar com maior facilidade com os desafios que a vida impõe. É muito importante ver o mundo como um universo de muitas possibilidades de aprendizado e mudanças. Cada pessoa tem um caminho, sonhos e objetivos, só basta acreditar e fazer o possível para realizar o que deseja.

 

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: