Acib é contra o mínimo regional

A Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) e as 145 associações empresariais no Estado, que representam cerca de 24 mil empresas, estão engajadas contra o projeto de lei que pretende criar em Santa Catarina o salário mínimo regional. O tema foi tratado na última reunião regional da Facisc, com a participação do presidente da entidade blumenauense Ronaldo Baumgarten Junior, do diretor executivo da Acib Charles Schwanke, do diretor financeiro Manfredo Krieck e do vice-presidente da Acib e também da regional da Facisc Carlos Tavares D’Amaral. O assunto foi levado à reunião da Diretoria da Acib na última segunda-feira (20).

A Facisc está realizando reuniões ao longo de julho com os presidentes de todas as associações do Estado para que as entidades se mobilizem contra o projeto. “Consideramos um entrave ao desenvolvimento econômico do nosso Estado. Não é o momento de se pensar na criação do mínimo regional. Estamos enfrentando uma crise mundial e perderemos competitividade”, opina o presidente da Facisc Luiz Carlos Furtado Neves. Ronaldo Baumgarten Junior concorda, afirmando que “a Acib é contra todo e qualquer ato que vá contra a economia catarinense”.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: