Assessoria de imprensa e reputação das marcas no meio digital

Por Cristiane Soethe Zimmermann, jornalista e sócia da Presse Comunicação Empresarial

A Assessoria de Imprensa – trabalho executado por jornalistas e relações públicas com o objetivo de fortalecer a reputação das marcas – tem passado por inúmeras transformações nas últimas décadas. Inicialmente, com o surgimento da internet, seguido dos blogs e das redes sociais e, mais recentemente, o fenômeno dos influenciadores digitais.

O consumidor virou mídia. Nossa realidade envolve, agora, comunicação instantânea, redes de relacionamento e de conteúdo, locais onde consumimos e compartilhamos vídeos, músicas, notícias e imagens. A informação está disponível em diferentes plataformas e atinge públicos cada vez mais segmentados. Com tantos canais diversificados e mudanças de comportamento da audiência, como o trabalho da assessoria de imprensa continua gerando resultados para as organizações?

Primeiramente, é importante lembrar que as ferramentas mudaram, mas o objetivo da assessoria de imprensa continua o mesmo: criar e manter reputações. Embora os canais e métodos tradicionais ainda estejam presentes, o comportamento do público e a interação on-line exigem uma nova maneira de as marcas (B2B e B2C) se comunicarem. A comunicação, antes controlada e monitorada, mudou. Agora, também pode-se avançar com uma abordagem direta ao consumidor.

Uma importante audiência hoje para os assessores de imprensa são cidadãos produtores de informação em comunidades sociais conectadas pela Internet. Para ter uma estratégia de comunicação corporativa eficaz, as organizações precisam levar em conta que ela envolve: a identidade, a imagem e a reputação da empresa. Portanto, tanto no meio of-fline quanto online é necessário trabalhar os aspectos relacionados às marcas, a percepção dos diversos públicos, a credibilidade e a proteção à marca e à imagem da instituição.

O primeiro passo é descobrir onde e o que as pessoas estão falando sobre o seu negócio. Facebook, Twitter e Linkedin são bons lugares para começar a ouvir. Mas, dependendo do público, é possível encontrar ferramentas tão importantes quanto, como fóruns, Snapchat, Instagram, ou outros sites e redes sociais. Segundo um artigo do Meio & Mensagem, os indivíduos da Geração Z — que, até 2020, irão compor cerca 20% da mão de obra do planeta — têm um comportamento diferente das gerações anteriores. Para eles, youtubers, blogueiros e instagramers tem tanta influência (ou mais) que personalidades da TV ou do cinema.

Depois disso, é preciso traçar estratégias eficientes para engajar influenciadores e blogueiros, criando experiências reais, realizando ações promocionais e parcerias, produzindo releases com a linguagem de cada blog ou rede social, etc. Além disso, o trabalho da assessoria de imprensa deve ser produzido com foco nos portais de notícias, conquistando espaço jornalístico nesses veículos. Além de fortalecer a imagem das empresas e profissionais, a inserção em portais relevantes e focados para o público certo ajuda as organizações a serem encontradas nos mecanismos de busca. Por isso, os re-leases também devem “SEO Friendly”.

Esses são apenas alguns aspectos a serem considerados no trabalho de Assessoria de Imprensa Digital. Vale salientar que este trabalho é fundamental na construção de relacionamentos para as organizações e deve levar em conta as especificidades de cada negócio. Assim, será possível ajudar a construir uma forte presença online, com objetivo de gerar tráfego de referência e estabelecer autoridade de marca por meio da construção de reputação e confiança com o público.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: