Baumgarten completa 130 anos pensando no futuro

[photopress:Foto_aerea_Baumgarten_reduzida.jpg,resized,centered] Empresa catarinense é umas das mais importantes gráficas da América Latina

Uma das maiores e mais importantes indústrias gráficas da América Latina, a catarinense Baumgarten Gráfica, que iniciou produzindo o primeiro jornal do Vale do Itajaí, completa neste mês de janeiro 130 anos de história. Hoje, com uma equipe qualificada de mais de 300 funcionários e maquinário de alta tecnologia, vê o mercado gráfico com otimismo: depois de investir cerca de R$ 20 milhões em 2010 na modernização do parque fabril, a perspectiva é de crescer 20% em 2011, com a produção de rótulos, autoadesivos, in-mould, termoencolhíveis, tags, blisters, etiquetas estampadas em tecido e bandejas termoformadas.

Segundo o presidente da empresa, Ronaldo Baumgarten Jr., a principal estratégia é manter o foco no cliente. “É dessa maneira que garantimos nossa competitividade e relevância no mercado. Além disto, focamos a manutenção de nosso alto padrão de serviço, agilidade, plena competitividade, crescimento constante e acelerado”, aponta.

Em sua nova configuração física, a Baumgarten apostou em consolidar as cinco unidades de negócio em um só parque gráfico, mais amplo e com as mais novas tecnologias gráficas, adicionando à grande capacidade para grandes volumes, a flexibildade para pequenas tiragens. O planejamento estratégico foi direcionado à flexibilidade da empresa às necessidades de seus clientes. “A Baumgarten apresenta flexibilidade tanto para grandes como pequenos volumes”, afirma Baumgarten Jr.

A empresa tem o importante diferencial de dispor de todos os principais sistemas de impressão em rótulos: rotogravura, offset, serigrafia, letter-press, flexografia, hot stamping, cold foil, embossing e impressão digital. O cliente encontra na Baumgarten soluções em rótulos, auto-adesivos, in-mould, termoencolhíveis, roll labels, tags, etiquetas em pano, blisters, além de bandejas em cartão termoformado. Desta forma, o cliente apresenta a sua necessidade em decoração de embalagem e a Baumgarten oferece a melhor solução para qualquer projeto.
Investimentos em tecnologia

De acordo com o presidente Ronaldo Baumgarten Jr., o sucesso da empresa nesses 130 anos também se dá em decorrência da inovação tecnológica constante. Entre os equipamentos adquiridos recentemente, destaca-se a máquina de impressão digital HP WS 6000 que permite a produção de pequenos volumes, com agilidade e preços competitivos. Outro investimento da Baumgarten em 2010 foi a aquisição da ABG Digicon Série 2, máquina de acabamento que complementa os trabalhos da impressora digital com relevos e verniz localizado, hot-stamping ou cold foil, efeitos em serigrafia e flexografia, picotes e cortes especiais, além do corte reto para fornecer os rótulos em peças.

Com foco na ampliação da capacidade produtiva e manutenção do parque atualizado tecnologicamente, a gráfica adquiriu uma offset híbrida Nilpeter MO4 com 11 unidades, que aumentou a capacidade produtiva de rótulos autoadesivos com alto valor agregado e riqueza de detalhes. Além disso, foram adquiridas uma impressora offset plana Heidelberg XL 75 Speedmaster e duas termoformadoras de bandejas Peerless para oferecer formatos e tamanhos mais variados.

Além destas máquinas, a empresa também realizou investimentos em novas tecnologias para gravação por ablação a laser de matrizes para impressão e em acabamento dos rótulos. Baumgarten Jr. enxerga o mercado latinoamericano com grande potencial para o ramo de exportações e defende a ideia de aumentar alianças com parceiros gráficos no exterior para atender clientes multinacionais em comum nas diversas partes do mundo. 

Sustentabilidade

Com a revisão do planejamento estratégico no ano passado, a Baumgarten definiu nova missão, visão e valores corporativos, nos quais a sustentabilidade é considerada um dos pontos importantes em sua atuação. A empresa já possuía práticas nessa área, mas, por meio de ações isoladas. Para aprimorar os processos, foi criado em 2010 o Comitê Interno de Sustentabilidade, grupo multidisciplinar que está desenvolvendo em parceria com a consultoria OA Engenharia Ambiental um trabalho estruturado, consistente e focado em resultados.

Além disso, a indústria inscreveu-se no Carbon Disclosure Project (CDP), ressaltando o compromisso com a redução das emissões de gases efeito estufa. Paralelamente, está desenvolvendo parceria com o Senai Santa Catarina e entidades alemãs (Universidade de Stuttgart, Associação da Indústria de Baden Württemberg e a empresa Wehrle Umwelt GmbH) para o desenvolvimento de projetos para aprimoramento da eficiência energética.

Outro ponto importante no quesito sustentabilidade foi o projeto arquitetônico do novo parque gráfico, totalmente pensado para reduzir demandas energéticas; propõe volumes horizontais para as edificações industriais e compartilhamento de serviços e utilidades de apoio. Com o emprego das mais modernas técnicas, o novo parque gráfico conta com a coleta e reuso de águas pluviais, sistemas para gestão de água, energia e resíduos, iluminação natural, minimização de entradas de energia térmica para ampliação de conforto, entre outras. 

A Baumgarten também projetou o tratamento de esgotos com um sistema que reutiliza a biomassa para adubação das áreas de paisagismo. Outro sistema é responsável pela captação e armazenagem de efluentes e os líquidos são recolhidos para tratamento e reciclagem por empresas especializadas.

Mercado 

O segmento industrial de maior peso na Baumgarten Gráfica, atualmente, é o de cosméticos e higiene pessoal. Em seguida, vêm os setores: alimentício, petroquímico, bebidas, têxtil, limpeza e outros segmentos. A intenção para este ano é atuar mais fortemente nos mercados com menor concentração de vendas e fortalecer ainda mais a atuação no setor de cosméticos.

Sobre a Baumgarten Gráfica Ltda. 

A Baumgarten foi fundada em 1881 por Hermann Baumgarten, filho de imigrantes alemães. Iniciou suas atividades produzindo o primeiro jornal de Blumenau e região do Vale do Itajaí em Santa Catarina, denominado Blumenauer Zeitung e impresso em alemão. Durante a Segunda Guerra Mundial, em razão da proibição da língua alemã no Brasil, a empresa iniciou outros trabalhos gráficos, consolidando-se no ramo de decoração de embalagens. 

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: