Banda de Blumenau se apresenta na São Paulo Oktoberfest

Tradição com pitadas de música pop. Quando se trata de Oktoberfest, essa mistura pode ser inusitada. E foi com a intenção de criar algo novo para a festa, que nasceu a Hochsollerleben Band. O grupo acabou de nascer e já está fazendo sucesso. Além de se apresentar durante a programação oficial da festa em Blumenau, Santa Catarina, ele estará na São Paulo Oktoberfest. Nos dias 27 e 28 de setembro, a banda anima a avant-première e nos dias 04 e 05 de outubro promete contagiar o público no Sambódromo do Anhembi, no Palco Biertent.

O nome da banda refere-se à tradicional canção alemã Hoch Soll Er Leben Dreimal Hoch, que é cantada como brinde e repetida exaustivamente em momentos de alegria e confraternização na região Sul da Alemanha. “Nosso objetivo é fazer com que este brinde seja o novo Ein Prosit der Gemütlichkeit. Você pode, com o Hoch Soll Er Leben Dreimal Hoch, brindar qualquer tipo de bebida em qualquer situação de alegria”, explica Carlos Schrubbe, diretor executivo do Vila EnCantos Produções, responsável pela produção da Hochsollerleben Band.

O grupo tem nomes de peso como Mazin Silva na guitarra, Jeferson Renato no vocal, Beiss no baixo, Gedson Bento no trompete, Hélio Reichert no saxofone, Pecki no acordeon e o baterista e DJ Jimmy. Conta também com duas bailarinas, Alice de Lima e Luísa Soares Vieira, coordenadas pela coreógrafa Luca Martins, da Escola Pró-Dança de Blumenau. A primeira música de trabalho é um remix do sucesso “Geht No Oana”, de autoria de Helmut Högl, que virou “Vamos Festejar”.

O maestro alemão autor do hino da Oktoberfest — Hallo Blumenau — é uma das principais inspirações da banda, conforme comenta Schrubbe. “Vamos trabalhar essencialmente com remixes e variações das músicas de Högl, misturando com a batida do DJ e resultando em uma textura bem pop”, detalha.

Lançamento

O lançamento oficial da banda foi realizado na noite desta terça-feira, dia 12 de setembro, no palco da Oktoberfest Blumenau, o Parque Vila Germânica. Durante o evento, destinado à imprensa e patrocinadores, foi apresentado o videoclipe da primeira música de trabalho, “Vamos Festejar”, que já está disponível neste link www.youtube.com/watch?v=j0m_TQYJqsE.

Fotos: Daniel Zimmermann

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Hochsollerleben Band é oficialmente lançada em Blumenau e já tem agenda na Oktoberfest

Em um evento destinado à imprensa e patrocinadores, foi lançada na noite de terça-feira (12) a Hochsollerleben Band. Formado por músicos de peso, o grupo promete unir a tradição da canção germânica com pitadas de música pop. A mistura um tanto inusitada promete ser a sensação não só da Oktoberfest Blumenau, mas também da São Paulo Oktoberfest, onde a banda se apresenta na avant-première para convidados no dia 28 de setembro e também durante a programação oficial. Para acompanhar a agenda do grupo, acesse a página https://www.facebook.com/hochsollerlebenband/.

Durante o lançamento, foi apresentado o clipe da primeira música de trabalho, um remix do sucesso “Geht No Oana”, de autoria de Helmut Högl, que virou “Vamos Festejar” (confira a letra abaixo). O vídeo está já está disponível na internet e pode ser acessado no link www.youtube.com/watch?v=j0m_TQYJqsE. “Vamos trabalhar essencialmente com remixes e variações das músicas de Högl, misturando com a batida do DJ e resultando em uma textura bem pop”, explica Carlos Schrubbe, diretor executivo do Vila EnCantos Produções, responsável pela produção da Hochsollerleben Band.

Sobre a banda

O nome da banda refere-se à tradicional canção alemã Hoch Soll Er Leben Dreimal Hoch, que é cantada como brinde e repetida exaustivamente em momentos de alegria e confraternização na região Sul da Alemanha. “Nosso objetivo é fazer com que este brinde seja o novo Ein Prosit der Gemütlichkeit. Você pode, com o Hoch Soll Er Leben Dreimal Hoch, brindar qualquer tipo de bebida em qualquer situação de alegria”, afirma Schrubbe.

A banda tem inspiração no maestro alemão autor do hino da Oktoberfest, Hallo Blumenau. O grupo tem nomes de peso como Mazin Silva na guitarra, Jeferson Renato no vocal, Beiss no baixo, Gedson Bento no trompete, Hélio Reichert no saxofone, Pecki no acordeon e o baterista e DJ Jimmy. Conta também com duas bailarinas, Alice de Lima e Luísa Soares Vieira, coordenadas pela coreógrafa Luca Martins, da Escola Pró-Dança de Blumenau.

Confira a letra da primeira música de trabalho da banda e se prepare para celebrar as festas de outubro:

Hochsollerleben Band – Vamos festejar

(Letra: Jeferson Renato/ Adaptada de “Geht No Oana”, de Helmut Högl)

Geht Oktober, Vamos Festejar

Tanz und Bier, Vamos Festejar

 

Geht chopp Pilsen

Geht chopp Weisen

Geht chopp Ipa

 

É a terra brasileira do chopp e diversão

Quem conhece não esquece até o Helmut o alemão

Um pedacinho da Europa aqui em Blumenau

Orgulho Brasileiro orgulho mundial

 

Geht Oktober, Vamos Festejar

Tanz und Bier, Vamos Festejar

 

Nossa família te espera, Aqui em Blumenau

A cidade da cerveja, Aqui em Blumenau

Tem pilsen, weisen e ipa, Aqui em Blumenau

Cerveja o ano todo então vamos festejar.

As fotos são de Daniel Zimmermann. Fico à disposição para o que você necessitar.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Banda alemã blumenauense é destaque no programa Encontro com Fátima Bernardes

A 34ª Oktoberfest Blumenau ainda não começou, mas já faz sucesso em rede nacional. Na manhã desta sexta-feira (29), um dos grupos musicais que nasceram em terras blumenauenses e se apresentam nesta edição da festa fez bonito na tela do programa Encontro com Fátima Bernardes, da Rede Globo. A Hochsollerleben Band — que abriu a 1ª São Paulo Oktoberfest na noite de quinta-feira (28) — participou de uma entrevista ao vivo no programa, transmitida diretamente do Sambódromo do Anhembi, onde ocorre o evento na capital paulista.

A banda retorna a Santa Catarina na próxima segunda-feira (02) para marcar presença na Oktoberfest Blumenau. O som da Hochsollerleben Band é marcado pela tradicional música alemã com pitadas de pop e eletrônico. O grupo tem nomes de peso como Mazin Silva na guitarra, Jeferson Renato no vocal, Beiss no baixo, Gedson Bento no trompete, Hélio Reichert no saxofone, Pecki no acordeon e o baterista e DJ Jimmy. Conta também com duas bailarinas, Alice de Lima e Luísa Soares Vieira, coordenadas pela coreógrafa Luca Martins, da Escola Pró-Dança de Blumenau. A primeira música de trabalho é um remix do sucesso “Geht No Oana”, de autoria de Helmut Högl, que virou “Vamos Festejar”.

Confira a participação da banda blumenauense no Encontro com Fátima Bernardes no link:

http://gshow.globo.com/programas/encontro-com-fatima-bernardes/episodios/playlists/0/videos-de-encontro-com-fatima-bernardes-de-sexta-feira-29-de-setembro.html#v6182785

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Música fortalece características importantes para o desenvolvimento do ser humano

Mais do que diversão, a música tem papel significativo no desenvolvimento psicomotor, sócio afetivo, cognitivo e linguístico das crianças, facilita o processo de aprendizagem e fortalece a construção da sensibilidade e criatividade, isso sem falar nos efeitos para a alma. Esses são apenas alguns dos benefícios que a família Kratz encontrou na música. Eles foram os primeiros alunos do Espaço Kan – Aulas de Música, assim que a escola abriu, há 21 anos, e continuam até hoje aprendendo e ensinando na escola.

Elisabete começou fazendo aulas de viola clássica, e permanece aperfeiçoando seus estudos musicais. Seus três filhos – Alessandra, Thabata e Willen – também estudaram música. Thabata permaneceu na escola até se formar no curso de violino. O filho, Willen, iniciou aos 4 anos de idade, concluiu no Espaço Kan o curso de violino pelo método Suzuki, graduou-se em Licenciatura em Música pela Furb. Hoje é professor no Espaço Kan.

Para o professor Willen Kratz, a música é compreendida como uma arte multiforme.  “Ela está presente nas nossas vidas de tantas formas diferentes, que seria difícil expressá-la em poucas palavras. Na minha vida, a música, desde muito pequeno, esteve presente em nosso meio, crescemos e nos tornamos seres humanos envoltos nesse círculo que formou e transformou nossos pensamentos, nossas vivências e nossas maneiras de olhar para o mundo. A música é algo que transmite as mais diferentes emoções e sensações, mas que também transpassa pelas barreiras do emocional e profissional. Promove saúde, paz, conhecimento. A música é um dos caminhos pelos quais decidimos trilhar nossa história.”

Música acessível a todos

E para fazer com que mais pessoas tenham acesso a esse mundo e que possam se interessar e buscar os benefícios que a música traz, o Espaço Kan Aulas de Música está realizando o projeto Música no Vale Europeu, apresentado pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet, com o patrocínio da Kyly.

Todas as terças-feiras, os alunos e professores da escola fazem ensaios abertos ao público, gratuitamente, no Mausoléu Dr. Blumenau (Rua XV de Novembro, 161, Centro). Eles iniciam sempre às 18h50.

A iniciativa visa também promover e estimular a produção cultural e artística da região, dando visibilidade aos músicos e aos profissionais da cultura da cidade de Blumenau. Quem acompanha os ensaios pode conhecer, por exemplo, o trabalho realizado com uma orquestra e ver de perto os músicos tocando instrumentos como piano, violino, flauta e violoncelo.

Esta fase do projeto termina no dia 26 de novembro com duas apresentações gratuitas ao público:

Retreta de Natal no Bom Retiro, às 10h – evento ao ar livre, num palco armado no estacionamento do Espaço Kan (Rua Hermann Hering, 554, Bom Retiro), tendo como “pano de fundo”, o Parque São Francisco – um evento cultural/musical, de contemplação e beneficente.

Concerto de Natal Kan, às 18h – na Igreja Luterana Blumenau Centro (Rua Amazonas, 119, ao lado do Hospital Santa Catarina).

Toda a comunidade é convidada a prestigiar. Para os dois eventos, a doação sugerida é de um brinquedo em bom estado, que serão destinados às crianças assistidas pela Comunidade Caridade Sem Fronteiras.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

5 passos para abrir seu próprio negócio e ter sucesso

Quem nunca sonhou em ser seu próprio chefe, não é mesmo? Esse é um desejo comum, mas que nem todos têm coragem de colocar em prática. Para te ajudar nesse momento de dúvidas e apreensão, conversamos com Deise Buschermohle, administradora que atua como agente de crédito da BluSol.

Ela elencou cinco passos necessários para empreender e ter sucesso nessa jornada. E se você está aí pensando em crise, Buschermohle adianta: este pode ser o momento ideal para investir no negócio próprio. Confira as dicas abaixo e mãos à obra!

1. Foque na necessidade do seu público

Muita gente ao ler isso vai pensar que essa afirmação é óbvia, mas acredite: muitos abrem um negócio pensando exclusivamente no desejo pessoal e não no do seu futuro cliente. Para um negócio dar certo, é fundamental saber antes de lançar um produto ou serviço se há pessoas precisando dele. É essencial conhecer o mercado em que você pretende empreender e quais são as reais necessidades do público.

2. Procure ajuda especializada

Quando a ideia de negócio já está consolidada e corroborada pela necessidade identificada no mercado, é hora de iniciar o plano de negócios. Nele estarão definidas as etapas para abrir o negócio e a necessidade de investimentos. Muitas instituições oferecem auxílio para quem deseja empreender, evitando erros comuns e que levam ao fracasso do negócio.

3. Só assuma gastos quando estiver preparado

É preciso ter dinheiro para fazer dinheiro, certo? Nem sempre. O ideal, antes de qualquer pontapé inicial, é se preparar para empreender. Saber quantos e quais despesas você deverá ter e planejar a receita. Somente sabendo o quanto você deve pagar e receber é que você poderá dar início à empreitada.

4. O microcrédito pode auxiliar

Hoje existem linhas de crédito de fácil acesso voltada especialmente aos micro e pequenos empreendedores. É importante conhecer cada uma delas e ver a qual pode ser melhor para você. O Microcrédito Produtivo e Orientado da BluSol, por exemplo, é uma alternativa e está em pleno crescimento. O diferencial do produto é facilidade no acesso aos recursos independente de ser um empreendedor formal ou informal. Com ele é possível buscar recursos para a compra de matérias-primas, mercadorias, insumos, aquisição de máquinas, ferramentas e equipamentos novos e usados. Também é possível utilizar o dinheiro para melhoria e ampliação das instalações do negócio, reforma de máquinas, equipamentos e veículos utilitários.

5. Invista em equipe

Deu tudo certo até aqui! O negócio é mesmo o que as pessoas buscam, você se planejou, conseguiu dinheiro para tirar tudo do papel e agora é só tocar o projeto? Então fique atento a essa última e crucial dica. Conte com profissionais capacitados e que zelem pela empresa assim como você. Para quem é autônomo, você é a sua própria equipe: atualize-se e acompanhe as necessidades do mercado para nunca perder oportunidades.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Categorias

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: