Catarinenses campeões mundiais de windsurf

Atletas voltam da Espanha para Santa Catarina e já recomeçam os treinos para o Brasileiro, em agosto

[photopress:Final_do_mundial_001_site.jpg,resized,centered]

Os catarinenses campeões mundiais da Fórmula Experience de Windsurf chegaram há poucos dias a Balneário Camboriú, em Santa Catarina, e ainda comemoram a vitória conquistada no Campeonato Mundial de Windsurf 2009, que aconteceu na Espanha, na Praia do Levante, localizada na Bahia de Cadiz, entre 05 e 11 de julho.

O campeão Mundial Máster da categoria Fórmula Experience Alexandre d´Eça Neves e o Campeão Mundial Junior 15 Anos Aldo Maia Netto (Bebeko) são os primeiros brasileiros a receber esses títulos mundiais e treinam no mesmo local, na Escola Camboriú Wind, em Balneário Camboriú, SC. Neves, além de competidor, é o treinador de Bebeko.

Os velejadores chegaram ao local do evento com uma semana de antecedência com objetivo de treinar e se familiarizar com as condições locais. Segundo eles, muito parecidas com as do local onde treinam, na praia catarinense.

A equipe composta pelos velejadores Neves e Bebeko, além da única técnica feminina na competição Ana Paula Melati Neves, teve o patrocínio e apoio da empresa MAC Consultoria.

Agora, os velejadores se preparam para a terceira etapa do Circuito Brasileiro de Fórmula Experience
que será entre os dias 28 e 29 de agosto, em Brasília. O objetivo dos atletas é defender o Estado no
Campeonato Brasileiro em outubro, na cidade de Florianópolis.

O campeonato – Desde o campeonato de 2008 no Peru que a equipe MAC Consultoria em parceria com a Camboriú Wind vinha se preparando na busca deste resultado. Agora, os atletas Neves e Bebeko voltam ao Brasil como os melhores do mundo nas suas categorias. “Foram seis dias de campeonato com um dia de descanso. Nos três primeiros dias foram corridas oito regatas na Máster e seis na Junior. Após o dia de descanso o vento não compareceu nos dois últimos dias”, conta Neves. Segundo ele, o nível técnico do campeonato foi digno de um mundial, porque em todas as categorias a diferença entre os cinco primeiros lugares era muito pequena.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: