5 passos para abrir seu próprio negócio e ter sucesso

Quem nunca sonhou em ser seu próprio chefe, não é mesmo? Esse é um desejo comum, mas que nem todos têm coragem de colocar em prática. Para te ajudar nesse momento de dúvidas e apreensão, conversamos com Deise Buschermohle, administradora que atua como agente de crédito da BluSol. Ela elencou cinco passos necessários para empreender e ter sucesso nessa jornada. E se você está aí pensando em crise, Buschermohle adianta: este pode ser o momento ideal para investir no negócio próprio. Confira as dicas abaixo e mãos à obra! 1. Foque na necessidade do seu público Muita gente ao ler isso vai pensar que essa afirmação é óbvia, mas acredite: muitos abrem um negócio pensando exclusivamente no desejo pessoal e não no do seu futuro cliente. Para um negócio dar certo, é fundamental saber antes de lançar um produto ou serviço se há pessoas precisando dele. É essencial conhecer o mercado em que você pretende empreender e quais são as reais necessidades do público. 2. Procure ajuda especializada Quando a ideia de negócio já está consolidada e corroborada pela necessidade identificada no mercado, é hora de iniciar o plano de negócios. Nele estarão definidas as etapas para abrir o negócio e a necessidade de investimentos. Muitas instituições oferecem auxílio para quem deseja empreender, evitando erros comuns e que levam ao fracasso do negócio. 3. Só assuma gastos quando estiver preparado É preciso ter dinheiro para fazer dinheiro, certo? Nem sempre. O ideal, antes de qualquer pontapé inicial, é se preparar para empreender. Saber quantos e quais despesas você deverá ter e planejar a receita. Somente sabendo o quanto você...
BluSol completa 20 anos fomentando empreendedorismo

BluSol completa 20 anos fomentando empreendedorismo

A Instituição Comunitária de Crédito Blumenau Solidariedade (BluSol) está de aniversário no próximo dia 28 de agosto. São 20 anos de fundação contribuindo com o desenvolvimento econômico dos 69 municípios onde presta atendimento. Com 10 agências – nove em Santa Catarina e uma no Paraná – se consolidou no mercado como fomentadora de micro e pequenos negócios. Ao longo de duas décadas de atuação, a BluSol já injetou mais de R$ 345 milhões na economia por meio de empréstimos a mais de 45 mil clientes. Os números demonstram o crescimento da instituição e comprovam que ela atingiu seu objetivo de ser uma importante ferramenta de redução da pobreza e na geração e manutenção de emprego e renda sustentável. A BluSol conta atualmente com agências em Blumenau, Brusque, Gaspar, Indaial, Jaraguá do Sul, Joinville, Navegantes, Rio do Sul, São José e São José dos Pinhais. Como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), concede crédito a empreendedores formais e informais para compra de matéria-prima, mercadorias, reforma de máquinas e equipamentos, bem como para reformas e ampliação de espaços destinados aos negócios. História O presidente da instituição, Ralf Marcos Ehmke, se orgulha da trajetória de sucesso da BluSol, que tem foco no incetivo aos empreendedores por meio do acesso ao crédito para geração de emprego e renda. Ele conta que a BluSol se baseou nos princípios do Grameen Bank, primeiro banco do mundo especializado em microcrédito, e no ICC Portosol, de Porto Alegre, para criar suas bases. “O projeto foi tão exitoso que serviu de referência para fundamentar o programa de microcrédito do Estado pelo Badesc”, destaca. Expectativas Focado no...
Investir em negócio próprio é a alternativa encontrada para superar a crise e o desemprego

Investir em negócio próprio é a alternativa encontrada para superar a crise e o desemprego

A crise econômica e a alta do desemprego têm refletido diretamente na relação das pessoas com o dinheiro. Cada vez mais se busca alternativa para gerar e até mesmo aumentar a renda familiar. A necessidade de acesso a recursos financeiros mais fáceis tem resultado diretamente na busca por microcrédito, que tem como foco microempreendedores formais e informais. No primeiro semestre deste ano, a Instituição Comunitária de Crédito Blumenau-Solidariedade (BluSol), voltada ao fomento de pequenos negócios, registrou um aumento de 10% na procura por microcrédito em Santa Catarina em relação ao mesmo período do ano passado. São 4.969 operações financeiras do gênero realizadas, injetando na economia catarinense mais de R$ 19,1 milhões. O setor de serviços é o que tem maior procura. Cidades como Joinville, Brusque, Navegantes, Jaraguá do Sul e São José são as que apresentam maior crescimento na procura pela linha de financiamento. “Por se tratar de uma modalidade com menos exigências burocráticas e com aprovação e liberação de recursos mais rápida, muitas pessoas buscam o microcrédito para conseguir abrir seu próprio negócio e gerar renda para a família”, afirma Ralf Marcos Ehmke, presidente da BluSol. Aos 61 anos, Hamilton Pereira Rodrigues, de Navegantes, buscou o microcrédito para retomar um sonho antigo após ficar desempregado. Ele teve seu restaurante atingido pela enchente de 2011 e depois disso não conseguiu reabrir o negócio. Ele buscou outras oportunidades de trabalho, mas, no fim de 2016, após ficar sem emprego, decidiu focar seus esforços na abertura de um novo estabelecimento. “Encontrei uma oportunidade para abrir um restaurante em Itajaí, mas precisava de dinheiro para realizar a reforma do local. Foi aí...
Ralf Marcos Ehmke é o novo presidente da BluSol

Ralf Marcos Ehmke é o novo presidente da BluSol

A noite desta terça-feira, dia 27, foi marcada pela escolha do novo presidente da Instituição Comunitária de Crédito Blumenau Solidariedade (BluSol). Ralf Marcos Ehmke foi eleito por unanimidade pelos representantes das oito entidades com cadeira no conselho. Ele irá comandar a instituição a partir do próximo dia 1º de julho e sua gestão segue até 2019. Ao seu lado, como vice-presidente, estará o atual presidente da BluSol Ido José Steiner. Durante o evento, realizado no Plaza Blumenau Hotel, Ehmke agradeceu a confiança dos conselheiros em seu nome e se comprometeu a dar continuidade ao planejamento estratégico da instituição. “Tenho certeza da competência dessa equipe e do trabalho que vem sendo realizado. Acredito que juntos vamos superar os desafios que a instabilidade econômica nos impõe”, afirmou. O atual presidente e futuro vice, Steiner, enalteceu a capacidade técnica de Ehmke para comandar a instituição. Ele lembrou dos cursos e capacitações realizados por eles para oferecer sempre uma nova visão aos negócios da BluSol. Em uma breve prestação de contas, também foram apresentados os resultados da instituição, que este ano está comemorando os números positivos. De janeiro a abril de 2017, por exemplo, 3.219 operações de microcrédito foram liberadas pela instituição. O número é 16% maior do que no mesmo período de 2016. Somente nestes quatro meses, cerca de R$ 12.3 milhões foram injetados na economia com a linha de microcrédito da Blusol. A instituição também fechou recentemente a primeira operação com um fundo privado e internacional, o holandês Oikocredit, no valor de 2 milhões de dólares. O montante deve beneficiar aproximadamente 1500 empreendedores ao longo de 2017. Além disso, contratos importantes...
BluSol elege presidente e conselheiros no dia 27 de junho

BluSol elege presidente e conselheiros no dia 27 de junho

Na próxima terça-feira, dia 27 de junho, acontece a eleição e posse dos novos conselheiros do BluSol. O evento está programado para as 19h30, no Plaza Blumenau Hotel. Serão oito conselheiros titulares e oito suplentes, responsáveis por eleger o novo presidente e vice. Juntos, eles irão atuar na gestão da instituição de 2017 a 2019. O BluSol (Instituição Comunitária de Crédito Blumenau-Solidariedade) tem sede em Blumenau e oferece crédito ao empreendedor de micros e pequenos negócios, formal ou informal. O objetivo é gerar emprego e renda por meio do fomento aos empreendedores. A instituição conta com filiais em 9 cidades catarinenses e 1 em São José dos Pinhais, no Paraná, levando atendimento a 69 municípios. Mais informações: Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa Blumenau – Santa Catarina (47) 3041-2990 ou 3035-5482 |...
Cresce procura por microcrédito no primeiro quadrimestre de 2017

Cresce procura por microcrédito no primeiro quadrimestre de 2017

A instabilidade econômica nacional, e o consequente aumento do desemprego, tem feito com que os brasileiros busquem alternativas para superar a crise. Este cenário tem impulsionado a abertura de novos negócios e os microempreendedores estão encontrado no microcrédito o apoio necessário para tirar os projetos do papel. Em Blumenau, 1.399 novas empresas foram abertas no primeiro quadrimestre de 2017. Somente de micro e pequeno porte, são 405 novos estabelecimentos. Os dados são de um levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Empreendedorismo. A abertura de pequenos negócios tem se refletido na busca ao microcrédito, uma modalidade com menos exigências burocráticas e com aprovação e liberação de recursos mais rápida. No Blusol, instituição voltada ao fomento do desenvolvimento de microempreendedores, os números do primeiro quadrimestre também são positivos. De janeiro a abril de 2017, 3.219 operações de microcrédito foram liberadas pela instituição. O número é 16% maior do que no mesmo período de 2016, quando 2.772 operações do gênero foram realizadas. Entre os setores que mais buscam essa opção estão o setor têxtil, com as facções, seguido pela área da construção civil, com pedreiros. Somente nestes quatro meses, cerca de 12.3 milhões foram injetados na economia com a linha de microcrédito do Blusol. “Muitos desempregados encontram no empreendedorismo uma saída financeira. Investem na atividade que têm experiência e partem principalmente para a prestação de serviços”, afirma o gerente de Unidade de Negócios da Blusol de Blumenau, Gerson Schubert. Quem já possui um empreendimento, o momento é de foco nas oportunidades, como barganha de preço, negociação diferenciada e disponibilidade de mão de obra no mercado. Schubert avalia que...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: