Empresa obtém o direito a prorrogação do pagamento dos tributos aduaneiros em razão da pandemia do novo Coronavírus

Empresa obtém o direito a prorrogação do pagamento dos tributos aduaneiros em razão da pandemia do novo Coronavírus

A decisão foi proferida pela 2º Vara Federal de Itajaí (SC) por meio de ação judicial e reconheceu o direito da empresa de prorrogar o pagamento dos tributos aduaneiros Uma empresa do ramo de importação, de Itajaí (SC) conseguiu por meio de ação judicial o direito de suspender o pagamento dos tributos aduaneiros, em decorrência da pandemia do Coronavírus. Proferida pela 2º Vara Federal da cidade, a decisão inédita no estado suspende a cobrança de Imposto de Importação – II; IPI-Importação;Pis-Importação;Cofins-Importação; Adicional de Frete para Renovação da Marinha Mercante – AFRMM e a Taxa de Utilização do Siscomex – TUS. Seguindo as determinações da Portaria MF nº 12/2012, do Ministério da Fazenda, os tributos federais incidentes sobre as importações ficam suspensos temporariamente e poderão ser pagos posteriormente, de forma parcelada, sem a incidência de qualquer penalidade ou acréscimo legal. O advogado Ademir Gilli Jr, sócio do escritório Gilli Basile Advogados que esteve à frente da ação, explica que a decisão possibilitou que o despacho aduaneiro fosse feito normalmente, sem o pagamento imediato dos tributos federais incidentes na importação. “A solicitação de suspensão dos tributos foi feita em decorrência da pandemia do novo Coronavírus, que está causando uma grave crise econômica, onde as empresas precisaram ficar com suas atividades paralisadas e, consequentemente, com dificuldades financeiras”, explica. Gilli ainda comenta que é inegável que o atual cenário, de contenção e isolamento social, repercute na atividade econômica e na circulação de riquezas como um todo. “As medidas restritivas impostas por governos estaduais e municipais refletiram diretamente na atividade empresarial. No contexto da importação, em que o tempo entre a negociação e a chegada das...
Indústria química de Blumenau começa a produzir álcool em gel

Indústria química de Blumenau começa a produzir álcool em gel

Empresa doará parte da produção para o Hospital Santo Antônio e também venderá o produto por meio de plataforma online A Camargo Química, que atua no mercado de produtos químicos, com sede em Blumenau (SC), iniciou a produção de álcool em gel 70%. A empresa, que fabrica produtos químicos para a o setor da construção civil, moveleiro e metal mecânico. A empresa doará uma parte da produção do produto para o Hospital Santo Antônio, como forma de apoio contra a disseminação do novo Coronavírus. Fabio Camargo, diretor da empresa, explica que eles encontraram um meio de auxiliar a economia local em meio a pandemia do novo Coronavírus. “Nós decidimos transformar uma das áreas da empresa para a produção do álcool em gel, já que recebemos a  autorização da Anvisa para a produção do mesmo. Com isto, vimos a possibilidade de auxiliar a economia e a comunidade, já que o álcool em gel está em falta no mercado e auxilia muito na prevenção do vírus”, explica. A estimativa é produzir 20 mil unidades de 5 litros, e vender para hospitais, empresas e também para o público final, por meio de uma plataforma online. “Nós acreditamos que este é um momento de organização e reinvenção, é hora de encontrarmos novos nichos e nos adaptarmos a uma realidade econômica diferente”, aponta Camargo. Camargo ainda ressalta que, com o aumento da demanda, a empresa pretende aumentar em 30% o efetivo da produção.   Sobre a Camargo Química Empresa com mais de 12 anos de atuação do mercado de construção civil, metal mecânico, moveleiro, água e commodities. Com soluções inovadoras, a empresa possui sede...
Comunicado Febratex

Comunicado Febratex

Diante do cenário que estamos vivendo, de ainda muitas incertezas em relação à situação da pandemia do coronavírus, o Febratex Group, em contato diário com as entidades competentes, tomou a difícil, mas necessária decisão de adiar a realização da FEBRATEX – Feira Brasileira para a Indústria Têxtil e de Confecção para fevereiro de 2021. A Febratex, antes prevista para ocorrer entre os dias 18 e 21 de agosto de 2020 já tem nova data. A feira já está marcada para ocorrer entre os dias 02 e 05 de fevereiro de 2021, no Parque Vila Germânica, em Blumenau/SC.   Esta medida visa proteger e resguardar a saúde de toda a população do Vale do Itajaí, de Santa Catarina e também do restante do Brasil. Temos um compromisso enorme com o setor e com a região.   Já são 30 anos de realização da Febratex com muito sucesso. A sua 17a edição, em fevereiro de 2021, não será diferente: a maior feira para a indústria têxtil e de confecção tornar-se-á o marco para a retomada dos negócios e do crescimento da indústria têxtil no Brasil e nas Américas.   Neste momento, pedimos e contamos com o apoio de todos vocês, e nos colocamos à disposição para quaisquer esclarecimentos.   Atenciosamente, Febratex Group   Sobre a Febratex A Febratex é a maior feira de máquinas e tecnologias têxteis das Américas. É reconhecida como a 3ª maior feira mundial do setor têxtil e estrategicamente esperada pelo mercado para exibição de lançamentos da indústria e de confecção. O evento ocorre a cada dois anos. Na última edição, em 2018, foram 330 expositores representando 2,4...
A resiliência e a visão positiva de Santa Catarina diante da crise

A resiliência e a visão positiva de Santa Catarina diante da crise

Por D.J. Castro Especilista em brabding e sócio-proprietário da Nexia Branding.   Em meio à pandemia ações positivas para ajudar as pessoas e manter a economia em funcionamento vem acontecendo. O choque global foi sentido por todos. O confinamento em massa das pessoas para conter a disseminação do vírus criou uma situação inédita e colocou todos diante de grandes questões de como agir e o que fazer.   Por todo mundo vimos as pessoas perplexas em suas casas buscando maneiras de ocupar o tempo. As empresas que podiam, estão tentando adaptar-se a um teletrabalho forçado às pressas e tentando mudar sua maneira de funcionar para atender novas demandas e sobreviver.   A digitalização imediata das reuniões mudou os hábito das pessoas e nem todas estavam preparadas. Mas também mostrou que uma nova forma de trabalhar é possível, e quem se adaptar, terá sucesso ainda maior quando tudo isso passar.   Em Santa Catarina observamos uma grande capacidade de mobilização em torno de causas e iniciativas positivas, o que mostra a força da nossa sociedade para enfrentar uma ameaça em comum. Empresários estão transformado suas indústrias em fábricas de máscaras e uniformes para os profissionais da saúde. Universidades e empresas se unido para produzir protótipos de ventiladores médicos com baixo custo e agilidade de produção com compartilhamento de projetos e integração de unidades de produção espalhadas pelo Estado. A atuação do SEBRAE-SC, com cursos gratuitos e apresentações ao vivo, as já famosas lives, com temas de interesse dos empreendedores regionais.   Além disso, no Vale do Itajaí, o movimento #vaiprodigital, que uniu empresas para criar ofertas especiais para microempreendedores para...
Empresa blumenauense desenvolve solução para identificar suspeitos e possíveis portadores do Coronavírus

Empresa blumenauense desenvolve solução para identificar suspeitos e possíveis portadores do Coronavírus

A equipe do IndiqueAí Serviços Residenciais, da Lilium Sistemas, de Blumenau (SC), desenvolveu de forma gratuita o Desviralize, solução inspirada em modelos internacionais com bons resultados no combate à propagação do Coronavírus. O objetivo é auxiliar os estabelecimentos comerciais ao retorno das atividades, de maneira simples e responsável, monitorando com o uso de tecnologia a situação de cada cliente em relação à Covid-19. Com as cores verde, amarelo e vermelho, a ferramenta alerta aos usuários quem teve contato com casos suspeitos, ou, ainda, esteve contaminado.   Conforme explica Felipe Bittencourt, sócio e idealizador da ferramenta, o Desviralize permite que estabelecimentos, como lojas, oficinas, bares, restaurantes, entre outros, verifiquem o status dos clientes. Por meio do check-in dos clientes, feito a partir de leitura de um QR Code na entrada do estabelecimento, o Desviralize indica a situação do usuário.   Se o status for verde, significa que o cliente não esteve no mesmo estabelecimento e mesmo horário de nenhuma pessoa que tenha sido posteriormente confirmada com Covid-19. Status amarelo significa que o cliente esteve no mesmo estabelecimento e mesmo horário de uma pessoa que foi, posteriormente, confirmada com Covid-19 nos últimos 14 dias, e, por isso, deve ser aconselhado a fazer quarentena por 14 dias (contando desde o dia em que esteve com a pessoa infectada). “Amarelo não significa necessariamente que a pessoa está infectada, mas que tem probabilidade de estar. Ela volta ao status verde automaticamente depois que expirar o número de dias de sua quarentena”, explica Bittencourt.   Se o status for vermelho significa que o cliente foi diagnosticado, por um exame médico das autoridades competentes, com Covid-19....
Páscoa em casa: chocolateria blumenauense aposta em vendas online para essa época do ano

Páscoa em casa: chocolateria blumenauense aposta em vendas online para essa época do ano

Conheça a história da Liebling Chocolates e as medidas que ela adotou para continuar levando a alegria da Páscoa às casas dos blumenauenses. A Páscoa é um momento de alegria, paz, felicidade e união. Acreditando nesse espírito, a Liebling Chocolates havia programado para essa Páscoa a abertura da sua primeira loja física. Com a pandemia do Coronavírus e os decretos de medidas de isolamento social estabelecidos pelo governo, esse sonho precisou ser adiado. Jean Henrique Havenstein, sócio proprietário da Liebling Chocolates conta que, para manter o espírito e tradição da Páscoa em Blumenau, foi necessário adotar novas medidas. “Todos estão passando por um momento delicado, e para superar isso, precisamos inovar e acreditar que vai dar certo”, conta. O primeiro passo da chocolateria foi focar nas vendas online por meio das redes sociais, Facebook e Instagram, além do atendimento pelo WhatsApp. “Neste momento precisamos pensar em manter as pessoas nas suas casas para evitar o contato físico, para isso estamos realizando vendas apenas online e com entrega gratuita para Blumenau”, conta Havenstein. Além disso, a empresa está desenvolvendo a sua primeira loja virtual, que será lançada em breve.   Loja virtual Liebling Chocolates Outra medida que a chocolateria adotou para continuar levando a alegria da Páscoa às casas dos blumenauenses é a loja virtual. Ela já está disponível e busca atender de forma rápida toda região do Vale Europeu e também do Vale do Itajaí. As entregas para Blumenau são gratuitas. As cidades disponíveis para entrega rápida são: Balneário Camboriú, Barra Velha, Blumenau, Brusque, Gaspar, Guaramirim, Ilhota, Indaial, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joinville, Massaranduba, Penha Piçarras, Pomerode, Rodeio, Schroeder...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: