Cuidado com as soluções caseiras para higiene bucal

Cuidado com as soluções caseiras para higiene bucal

Recentemente a apresentadora Bela Gil criou polêmica na internet indicando trocar o creme dental por cúrcuma para a higiene bucal. Receitas como essa são comuns da sabedoria popular. Alguns exemplos dessas crendices são: passar carvão para deixar os dentes mais brancos, mascar chicletes para a limpeza bucal, comer maçã, fazer bochecho com vinagre, entre outras. A internet é um terreno fértil para que informações das mais diversas se espalhem e muita gente acaba ficando na dúvida se essas receitas caseiras realmente funcionam. O dentista Luciano Teodoro Eleotério explica que é preciso ter cuidado com essas informações. O uso de algumas substâncias pode até causar problemas no futuro. “A cúrcuma, por exemplo, não tem nenhuma comprovação científica de que traz benefícios para a saúde bucal. Além disso, o flúor, na quantidade certa, é necessário para a estrutura dentária”, aponta. Segundo Luciano, o flúor ajuda a prevenir as cáries, auxilia no endurecimento do esmalte dos dentes e trabalha durante os processos de desmineralização e remineralização que ocorrem naturalmente na boca. “É preciso ter cuidado com as ‘fórmulas milagrosas’ que aparecem por aí. O dentista é o profissional habilitado para fornecer as orientações corretas”, aponta. Dr. Luciano Teodoro Eleotério CRO/SC 8.109   Graduado em Odontologia e Especialista em Ortodontia e Ortopedia pela Universidade de Santo Amaro (SP), o dentista Luciano atende em Blumenau, Santa Catarina.   Mais informações: Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa Blumenau – Santa Catarina (47) 3041-2990 ou 3035-5482 |...
Sem vergonha de usar aparelho ortodôntico

Sem vergonha de usar aparelho ortodôntico

A sabedoria popular diz que “o sorriso é a curva mais bonita do corpo”. De fato, além de auxiliar na autoestima, o sorriso é um dos fatores estéticos mais importantes na apresentação pessoal. A boa notícia para quem não tem o sorriso perfeito é que, com a evolução dos sistemas de tratamentos, os aparelhos estão mais estéticos para o uso em qualquer idade. Com isso, muitos adultos estão deixando a vergonha de lado e se beneficiando com o tratamento ortodôntico. As novidades deste segmento têm aumentado no decorrer dos anos. Segundo o dentista Luciano Teodoro Eleotério, cada vez mais os aparelhos estéticos são adaptados para o uso diário. “Os adultos precisam de tratamentos que não afetam no trabalho, eventos, projetos sociais, entre outros motivos que fazem parte da rotina”, frisa. Entre as novidades mais procuradas está o Invisalign. “Ele é um alinhador dentário, 100% estético, que pode ser removido para comer e escovar os dentes. Além disso, proporciona um tempo reduzido de tratamento, que pode variar de 30% a 40% mais rápido que os aparelhos comuns”, explica o dentista. Ele conta, ainda, que o planejamento é feito em 3D antes de dar início ao tratamento, possibilitando ao paciente o conhecimento de todo o processo clínico. Luciano aponta que algumas pessoas já usaram aparelhos durante a adolescência, mas, por falta de planejamento correto do profissional ou pelo não uso de contenção depois do aparelho fixo, precisam voltar a fazer o tratamento. “Quando o planejamento do tratamento não é correto, pode até agravar o problema. Principalmente nas crianças, em alguns casos é necessário até mesmo partir para o tratamento cirúrgico”, alerta....
Férias de julho: É hora de cuidar do sorriso

Férias de julho: É hora de cuidar do sorriso

Os problemas dentais nem sempre são visíveis pela expressão facial. No entanto, os pais devem ficar atentos, pois, de acordo com a Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial, 60% das crianças com idade entre seis e dez anos precisam corrigir os dentes ou mordida errada. É comum crianças e adolescentes precisarem de tratamentos ortodônticos, mas na maioria das vezes, os pais têm dúvidas também em relação à idade e o melhor momento de adaptação. Segundo o dentista Luciano Teodoro Eleotério, especializado em ortodontia e ortopedia facial, a procura por esse tipo de tratamento aumenta durante o recesso escolar, que acontece no mês de julho, uma boa época para colocar o aparelho ortodôntico, devido ao tempo necessário para adaptação. “Os pais ficam preocupados e por isso querem que a criança se adapte no período das férias, para quando as aulas iniciarem não terem problemas. Em alguns casos, é necessário um período longo de adaptação”, explica.  Ele alerta que, a partir de cerca de cinco anos de idade, se necessário, a criança já pode fazer o tratamento indicado. Eleotério afirma que na região do Vale do Itajaí, o problema mais frequente é a deficiência de crescimento da mandíbula, como também a mordida cruzada posterior, problema muitas vezes causado pelo hábito de chupar bico e dedo. “Nestes casos, são indicados o tratamento com aparelhos ortopédicos, que servem para crescimento ósseo e correção esquelética. Geralmente é aplicado o aparelho Hyrax ou Haas, que serve para a expansão rápida da maxila corrigindo a mordida cruzada posterior, ou o Bionator, que realiza a alteração postural da mandíbula em relação à maxila e desenvolve estímulos...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: