Tecnologia do comércio eletrônico pode aumentar as vendas do varejo físico

Tecnologia do comércio eletrônico pode aumentar as vendas do varejo físico

  As projeções para o Natal 2015 não são das mais otimistas para o varejo tradicional. Inflação, dólar em alta e desemprego estão entre os fatores que devem resultar em queda de 4,1% nas vendas com relação a 2014. Os dados são da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Por outro lado, no e-commerce, a Associação Brasileira do Comércio Eletrônico (Abcomm) prevê crescimento de 18% das vendas neste Natal. Alguns fatores que promovem o sucesso do varejo on-line são o sistema de recomendação, que personalizam a experiência do usuário com o site ou e-commerce; a assertividade em oferecer o que o cliente procura ou gosta; e a comunicação eficiente com o consumidor, com descrições detalhadas dos produtos, exposição clara dos preços e formas de pagamento, por exemplo. A partir de agora, toda essa inteligência do e-commerce pode ser aplicada às lojas físicas. Essa é a promessa do aplicativo Hoket, desenvolvido pela Appromo, uma das empresas selecionadas no primeiro edital do Inove Senior, um programa de aceleração corporativa idealizado pela Senior Sistemas. Utilizando a geolocalização dos usuários de tablets e smartphones, o Hoket estimula o relacionamento das marcas com os clientes, por meio do envio de promoções personalizadas de acordo com os gostos e preferências dos consumidores. “O aplicativo permite a comunicação com os clientes enquanto eles estão fisicamente próximos do ponto de venda ou estabelecimento comercial, estimulando uma troca de dados e o desenvolvimento de ações que antes só eram possíveis no e-commerce, como o remarketing”, explica Ana Locks, CEO da Appromo. O projeto está em fase piloto em Blumenau, com associados e dependentes da...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: