Embalagens de papel-cartão são um diferencial competitivo que atrai a Classe C

A catarinense CartonDruck investe em acabamentos especiais para oferecer design exclusivo às embalagens dos clientes. De acordo com dados da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf), em 2011, o setor de embalagens registrou uma produção de U$ 17,9 bilhões. A estimativa é que cerca de 45% dos negócios envolveram embalagens de papel-cartão, o que demonstra a importância deste segmento. Em um país no qual a Classe C representa 52% da população, as embalagens deste tipo são estratégicas, pois se apresentam bem adequadas, sob os aspectos de conservação e segurança, para o acondicionamento, dentre outros itens, de alimentos, medicamentos e cosméticos. Além disso, podem apresentar inúmeros diferenciais, como versatilidade, variedade de tamanhos, formatos e espessuras; superfícies ideais para a inclusão de informações sobre os produtos; facilidade logística e de distribuição; apresentação e impressão de alta qualidade; excelente apelo de marketing e integração às campanhas publicitárias. Mas, talvez, a característica mais relevante das embalagens de papel-cartão seja sua importante influência na decisão de compra no varejo, ao agregar valor aos produtos com beleza, estética e ótimo posicionamento visual nos pontos de venda. “A Classe C já demonstrou seu poder de compra e é preciso que os produtos atendam aos anseios deste consumidor, que quer qualidade, com preços justos e embalagens atraentes, que espelhem a ascensão social pela qual esta parcela da população passou”, destaca a diretora de marketing da CartonDruck, Ticiana Baumgarten. Segundo ela, embalagens bem feitas dão status aos produtos. A empresa catarinense, que atende gigantes como Avon, Wella e Niely, é especializada no desenvolvimento de embalagens em papel-cartão de alto valor agregado e oferece diferenciais que são pontos fortes...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: