31 de maio: Dia Mundial Sem Tabaco

31 de maio: Dia Mundial Sem Tabaco

Na próxima quarta-feira (31) é celebrado o Dia Mundial Sem Tabaco. A data, criada em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi instituída para alertar sobre as doenças e prevenções relacionadas ao tabagismo.  Neste ano, a OMS apela também a todos os países para o tema: “Tabagismo – uma ameaça para o desenvolvimento”. O pneumologista do Hospital Dia do Pulmão (HDP), Mauro Kreibich, ressalta que existem mais de 50 doenças relacionadas ao consumo do tabaco – a principal causa de morte evitável no mundo. “Quando associamos o tabaco ao comércio ilegal é preciso levar em conta também que ele está à margem do controle sanitário, o que implica em componentes em desacordo com a legislação e, possivelmente, a contaminação por diversos elementos que potencializam os efeitos  danosos”, explica Kreibich. De acordo com a OMS, além de salvar vidas e reduzir desigualdades na saúde, um controle abrangente do tabagismo detém os impactos ambientais negativos causados pela produção, venda e consumo de tabaco. O controle do tabagismo pode quebrar o ciclo da pobreza, contribuir com a erradicação da fome, promover a agricultura sustentável e crescimento econômico e combater as mudanças climáticas. Maiores impostos em produtos de tabaco também podem ser usados como recursos para a saúde pública e outros programas de desenvolvimento do governo. O Dia Mundial Sem Tabaco 2017 tem como objetivos principais: Destacar a relação entre o uso de produtos de tabaco, o controle do tabagismo e o desenvolvimento sustentável.   Incentivar os países a incluir o controle do tabagismo em suas responsabilidades nacionais para a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. Apoiar os estados-membros e a sociedade civil...
Pacientes com asma grave podem participar de pesquisa para tratamento em Blumenau

Pacientes com asma grave podem participar de pesquisa para tratamento em Blumenau

Auxiliar na busca de novos medicamentos e tratamentos para a asma grave é um dos objetivos do primeiro Centro de Pesquisa Clínica Privado em Doenças Respiratórias de Santa Catarina (SC), situado no Hospital Dia do Pulmão (HDP), em Blumenau. Quem sofre com a doença e não teve resultado com as medicações disponíveis atualmente, pode procurar o HDP e se cadastrar gratuitamente para a pesquisa de uma nova medicação. Ainda em fase de teste, mas com segurança comprovada de acordo com rígidos protocolos internacionais, a medicação traz a grande vantagem de ser aplicada por via oral – ao inverso das anteriores, disponíveis apenas de forma injetável (injeções). A pneumologista e investigadora principal do Centro de Pesquisa Clínica, Marina Andrade Lima, é a responsável junto ao HDP pela iniciativa em Blumenau. Segundo ela, para a realização da pesquisa, o paciente é escolhido pela equipe médica e, se concordar com o convite, assina um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Os pacientes que têm interesse em participar da pesquisa devem procurar o Hospital Dia do Pulmão e realizar o cadastro. O projeto é gratuito durante todo o procedimento, que tem a duração de um ano. Se o resultado for positivo, o paciente ganhará a medicação por toda a vida. “O paciente que chega até o final da pesquisa passa a receber a medicação utilizada gratuitamente para continuar o tratamento, caso tenha se mostrado eficaz durante o estudo. Além disso, é reembolsado o auxílio transporte e alimentação nos dias em que comparecer ao hospital durante o decurso do estudo”, conta a pneumologista. Marina aponta que apenas no Brasil isso ocorre, de acordo com...
Hospital Dia do Pulmão realiza Dia D da Vacinação

Hospital Dia do Pulmão realiza Dia D da Vacinação

  O Hospital Dia do Pulmão (HDP) realiza neste sábado (13), o ”Dia D da Vacinação contra a Gripe”, entre 7h e 15h, em Blumenau. Serão oferecidas vacinas quadrivalentes pediátricas e para adultos. A instituição é a única da região certificada pela Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm). A ação intensiva visa oferecer um horário diferenciado para que a população possa se imunizar, tendo em vista a proximidade do frio e a perspectiva de aumento de casos da doença. De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica de SC (Dive-SC), Santa Catarina já registrou 32 casos de influenza A e dois de B. Os municípios que já confirmaram infecções pelo vírus Influenza foram: Blumenau e Joinville (quatro casos cada), Itajaí (três casos cada), Mafra, Palhoça, Sangão e Tubarão (dois casos cada). Outras localidades que apresentaram casos isolados da doença são: Águas Mornas, Balneário Arroio do Silva, Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Gaspar, Imbituba, Jaguaruna, Jaraguá do Sul, Lages, Maravilha, São Miguel do Oeste e Tunápolis, e dois casos residentes no estado do Paraná. O pneumologista e diretor do HDP, Mauro Kreibich, explica a diferença entre imunizar e vacinar e alerta para que a população fique atenta. “A vacinação é o ato de aplicar a vacina e a imunização é o desenvolvimento de anticorpos específicos derivados da vacina aplicada. A manutenção das características iniciais das vacinas depende da logística de transporte, manuseio e armazenamento das vacinas, orientada pelo Programa Nacional de Imunizações. Desta forma, o manuseio inadequado, alas de vacinação não refrigeradas por 24 horas, ausência de câmaras de refrigeração ou equipamentos com defeito, e até mesmo a falta de energia elétrica...
Hospital Dia do Pulmão traz novidades para a Campanha Antigripal 2017

Hospital Dia do Pulmão traz novidades para a Campanha Antigripal 2017

Com o intuito de facilitar e tornar o atendimento ainda mais prático para a população, o Hospital Dia do Pulmão inova no atendimento. Entre as novidades voltadas para os pacientes com quadros de vírus respiratórios, está o teste rápido de influenza. O método detecta o vírus e permite a triagem dos quadros de Influenza A, Influenza B e ainda Influenza H1N1. De acordo com o pneumologista e diretor do Hospital Dia do Pulmão, Mauro Kreibich, o teste rápido “facilita a conduta médica precoce, o que em muitos casos pode modificar o prognóstico de patologias que embutem riscos de complicações temidas”, conta. Ele explica ainda, que “o procedimento é um teste rápido e indolor”.. A coleta da secreção é feita na nasofaringe (pelo nariz) com um swab (uma espécie de cotonete). WEB Vacinas A outra novidade é o Web Vacinas. Atualmente, o site do HDP oferece ao paciente uma maneira exclusiva e prática de atendimento, com um sistema digital de agendamento que permite o paciente agendar e também já efetuar o pagamento da vacina contra a gripe. A novidade reduz o tempo de espera para a vacinação. Para realizar o atendimento é necessário acessar www.hospitaldopulmao.com.br. Sobre o Hospital O Hospital Dia do Pulmão atua em Blumenau desde 1982, com prestação de serviços voltados ao diagnóstico e tratamento de doenças respiratórias. Destacam-se nesta trajetória pioneira, a introdução fisioterapia respiratória e pneumologia pediátrica. A sala de vacina do Hospital Dia do Pulmão está organizada de acordo com as orientações e normas da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina,...
2 de maio: Dia Mundial de Combate à Asma

2 de maio: Dia Mundial de Combate à Asma

Para alertar a população contra a Asma, popularmente conhecida como Bronquite Asmática ou Bronquite alérgica uma doença inflamatória crônica das vias aéreas, o dia 02 de maio é marcado o Dia Mundial de Combate à Asma. Para abordar o assunto, a Iniciativa Global Contra a Asma (GINA) propõe divulgar informações com o intuito de prevenir o agravamento dos sintomas. Segundo a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), apenas no Brasil, estima-se que existam aproximadamente 20 milhões pessoas que apresentam quadro asmático. O pneumologista do Hospital Dia do Pulmão, Mauro Kreibich, alerta que a asma pode atacar principalmente na chegada das baixas temperaturas. “É preciso estar atento aos sintomas e agravamentos, além de dobrar os cuidados durante o inverno, já que estes agentes aéreos e doenças infecciosas se manifestam facilmente nos ambientes fechados e podem piorar os quadros de Asma. As mudanças de temperatura e outros elementos aerodispersíveis (pós, poeiras, gases e produtos químicos) são outros fatores que geram preocupação para quem sofre de Asma, pelo fato das vias respiratórias mais sensíveis”, ressalta. A Asma consiste no estreitamento de canais de ar dos pulmões, os chamados brônquios, o que dificulta a respiração, causando tosse seca, chiado e sensação de aperto no peito. É uma doença que pode surgir desde a infância e que não tem cura, mas possui tratamento que, na maioria dos casos, permite vida normal, evitando as crises e gravidades. As características genéticas e ocorrências familiares variam de caso para caso, assim como os sintomas podem ser mais fortes ou mais leves em diferentes indivíduos. Entretanto, o especialista explica que em mais de 50% das situações os...
Hospital Dia do Pulmão recebe primeira remessa de vacinas contra a gripe

Hospital Dia do Pulmão recebe primeira remessa de vacinas contra a gripe

Moradores de Blumenau e região podem antecipar e realizar a imunização contra a gripe. A campanha nacional de vacinação, promovida pelo Ministério da Saúde, começa em abril, mas no Hospital Dia do Pulmão (HDP) já é possível se vacinar com a vacina quadrivalente. Além disso, o HDP é a única instituição do município e região certificada pela Sociedade Brasileira de Imunização (SBIm). Segundo o diretor do Hospital Dia do Pulmão e pneumologista, Mauro Kreibich, a vacina quadrivalente contém cepas A/H1N1, A/H3N2 e uma cepa B, contemplando ainda uma segunda cepa B, ou seja, a vacina terá as linhagens Yamagata e Victoria. “Desde o ano 2000 temos observado em todo o mundo, a circulação das duas linhagens de vírus influenza B (Victória e Yamagata) num mesmo ano. Em cerca de 50% das vezes, a linhagem B contida na vacina não é coincidente com a que predomina numa temporada, por isso, a vacina quadrivalente é mais segura e eficaz”, explica. Kreibich ressalta a importância da imunização. De acordo com o especialista, a vacinação é o ato de aplicar a vacina e a imunização é o desenvolvimento de anticorpos específicos derivados da vacina aplicada. “A manutenção das características iniciais das vacinas depende da Rede de Frios, que é a estrutura técnico-administrativa, que implica na logística de transporte, manuseio e armazenamento das vacinas, orientada pelo Programa Nacional de Imunizações. Desta forma, o manuseio inadequado, alas de vacinação não refrigeradas por 24 horas, ausência de câmaras de refrigeração ou equipamentos com defeito, e até mesmo a falta de energia elétrica podem interromper o processo de refrigeração, comprometendo a potência e eficácia das vacinas”, destaca....

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: