Fornos Jung participa de Feira de Manutenção em Blumenau

Evento acontece de 23 a 26 de junho na Vila Germânica. Começa na próxima semana em Blumenau (SC) a sexta edição da Feira de Manutenção e Equipamentos Industriais, evento que reúne expositores e visitantes com interesse em conhecer as novidades dos fornecedores de serviços e produtos para as indústrias. A Fornos Jung participa novamente da feira, que este ano acontece no Parque Vila Germânica de 23 a 26 de junho. Especializada em fornos industriais, a Fornos Jung vai apresentar a tecnologia de seus equipamentos, que possuem isolamento térmico por meio de fibra de cerâmica compacta capaz de consumir menos energia e longa vida útil, e também o serviço de tratamento térmico realizado na fábrica, em Blumenau. É a única empresa que presta esse tipo de serviço na feira. Atende a grandes clientes como Altona, Hergen e Acearia Frederico Missner. Com mais 100 produtos entre as linhas industrial, laboratorial e artística, a Fornos Jung atua há 34 anos no segmento de fornos e estufas, com destaque aos equipamentos de operação contínua, possibilitando qualquer grau de automação, ferramentas para aumento da produtividade, baixo consumo de energia e variados sistemas de movimentação da carga. A expectativa da organização da Feira de Manutenção é receber mais de 10 mil visitantes para conhecer os estandes das empresas e participar de palestras técnicas. Estima-se que grandes empresas investem 5% de seu faturamento em serviços e equipamentos para uma melhor precisão, eficiência e qualidade, o que torna a manutenção é uma área estratégica dentro das empresas e uma importante geradora de negócios. A manutenção industrial abrange a instalação de diversos tipos de máquinas e o reparo...

Fornos Jung participa da Feira Internacional de Fundição na Alemanha

Empresa catarinense acompanha a parceira espanhola Hormesa na GIFA 2015. A Fornos Jung, empresa catarinense especializada em fornos industriais, participa este mês do evento GIFA 2015, maior e mais importante feira do setor de fundição, em Düsseldorf, na Alemanha. A empresa fará parte do estande da espanhola Hormesa, com a qual possui joint venture, e que apresenta um equipamento conceito para desgaseificar alumínio por ultrassom. O equipamento e sua tecnologia podem ser importados para o Brasil. Projetado por sete empresas europeias, o equipamento Doshormat visa a desgaseificação das peças fundidas de alumínio através de ultrassom, com o objetivo de oferecer uma maneira segura para realizar este procedimento. Atualmente, é comum a desgaseificação das ligas de alumínio ocorrer por meio de agentes nocivos à saúde, como cloro, flúor, nitrogênio ou argônio, inseridos no metal líquido para remoção de gases, contaminações e demais partículas. A construção do equipamento será feita pela Hormesa, empresa espanhola especializada em equipamentos e materiais para fundição de materiais ferrosos e não ferrosos. A tecnologia do Doshormat será apresentada na GIFA 2015 como um protótipo, mas as empresas brasileiras têm a oportunidade de adquirir o equipamento por meio da Fornos Jung, de Santa Catarina. A joint venture Jung-Hormesa existe há cinco anos e já possibilitou a fabricação de diversos fornos de fundição com tecnologia espanhola no Brasil, com assistência técnica e fornecimento de peças de reposição totalmente no país. A Jung-Hormesa também proporcionou a ampliação da linha de equipamentos e a parceria com a italiana SIB. GIFA 2015 Maior feira para a indústria da fundição de todo o mundo, a GIFA é realizada a cada quatro anos...

Fornos Jung apresenta forno crematório operado por iPad

Equipamento é o primeiro no mundo a ser operado a distância por meio de aplicativo e foi projetado segundo diretrizes de segurança e controle ambiental. A Fornos Jung, fabricante catarinense de fornos industriais, acaba de lançar uma novidade no mercado de fornos crematórios. O novo equipamento é o primeiro no mundo que pode ser controlado remotamente por meio do aplicativo Jung Total Control, desenvolvido pela Jung e instalado no iPad que acompanha o forno. Além de atender a normas ambientais e de segurança, o forno possui dispositivo de prevenção de falhas. Em razão do revestimento de fibra de cerâmica com isolamento térmico, o forno promove economia de energia pelo rápido aquecimento e resfriamento, atingindo 800°C em menos de 10 minutos, várias vezes mais rápido que os modelos tradicionais, o que reduz consideravelmente o consumo de gás. Todo o controle do forno crematório é feito através de um software exclusivo desenvolvido pela Jung especialmente para este equipamento. Após o treinamento oferecido pela empresa, qualquer pessoa pode operar o forno de forma remota por meio de tablets ou smartphones. “O sistema Jung Total Control já vem instalado no iPad que acompanha o forno e permite operá-lo de maneira totalmente automatizada e com controle total da queima”, conta André Thiersch, projetista eletricista da Fornos Jung. No aplicativo, é possível acessar todos os parâmetros de operação que são monitoradas automática e instantaneamente, prevenindo alterações nos padrões de emissão. Todos os dados são visualizados em tabelas, eliminando a possibilidade de erros, e toda interação – automática ou manual, é registrada para futuras análises. Os relatórios gerados pelo aplicativo possuem todos os registros de acesso...

Fornos Jung apresenta novidades em fornos industriais

Equipamentos garantem maior produtividade e eficiência energética. A catarinense Fornos Jung, de Blumenau (SC), acaba de lançar dois novos modelos de fornos industriais que foram projetados especialmente para as necessidades dos clientes. O primeiro é um forno tipo campânula, cujo aquecimento a gás possui controle de queima de sistema pulse firing em seis queimadores, que permite que a temperatura fique homogênea dentro do forno. O equipamento é ideal para o tratamento térmico em aço. O sistema utilizado também proporciona grandes benefícios de produtividade e processo, como economia de combustível (gás), melhor homogeneidade de temperatura, baixas emissões de óxidos de nitrogênio (NOx), e fácil adequação para trabalhos com ciclos de aquecimento e resfriamento. Movimentado por uma ponte rolante, o forno é levantado sobre a carga principal colocada em uma base fixa. A automação de controle e registro é completa, por meio de CLP – Controladores Lógico Programáveis e IHM – Interface Homem Máquina. O forno chega a 1100ºC e tem capacidade para 19 toneladas de carga, além da alta eficiência para retenção térmica do calor. A outra novidade é uma estufa para moldar tubos plásticos por aquecimento. O equipamento é capaz de identificar o tipo de carga automaticamente e definir o processo que será executado. Além de possuir três câmaras para o processo de molde e resfriamento forçado, a estufa possui um sistema semicontínuo de movimentação com roletes e mesas de carga e descarga, além de quatro portas estilo guilhotina vertical. Tudo para garantir as condições ideais de um processo otimizado e sem a interferência do operador. O sistema reconhece a carga por sensores e seleciona automaticamente um dos 30...

Jung entrega estufa industrial para a Weg

A Fornos Jung, empresa de Blumenau (SC) especializada em fornos industriais, acaba de entregar na cidade de Jaraguá do Sul (SC) uma estufa para a Weg Brasil, empresa especializada na fabricação e comercialização de motores elétricos, geradores, transformadores e tintas. O equipamento já está pronto para o funcionamento. O modelo entregue pela Jung é uma estufa para teste de burn-in, procedimento usado na indústria para avaliar o desempenho de componentes eletrônicos. O teste consiste em colocar o produto recém-industrializado em condições de superaquecimento para identificar e evitar eventuais falhas, e então poder ser comercializado. A segunda aplicação é no processo de acomodação desses componentes. O equipamento possui ainda recursos que maximizam o burn-in no controle e monitoramento de condições variadas, como chaminé, visores laterais, iluminação interna, transformador trifásico, variação de tensão, voltímetro e frequencímetro digital e alarme. A temperatura máxima da estufa é de 150ºC. A estufa também é isolada com fibra cerâmica compactada, um material nobre que promove alta eficiência energética. No modelo para a Weg Brasil, o aquecimento é elétrico com resistências blindadas, com baixa carga e superfície para longa vida útil. Sobre a Jung Com mais 100 produtos entre as linhas industrial, laboratorial e artística, a Fornos Jung atua há 34 anos no segmento de fornos e estufas, com destaque aos equipamentos de operação contínua, possibilitando qualquer grau de automação, ferramentas para aumento da produtividade, baixo consumo de energia e variados sistemas de movimentação da carga. Atualmente participa do programa de incubação Exporta SC, do Sebrae, e está internacionalizando suas atividades com a implantação de uma sede em Fort Lauderdale, na Flórida (EUA). Mais informações: Presse...

Jung entrega forno para a Magotteaux Brasil

Especializada em fornos industriais, a Fornos Jung, de Blumenau (SC), entrega esta semana um forno para tratamento térmico de aço especialmente projetado para a Magotteaux Brasil, em Minas Gerais. O equipamento tem capacidade para 19 toneladas de carga. A filial brasileira da empresa belga Magotteaux produz peças e corpos moedores para as indústrias de cimento e mineração. Entre seus clientes estão a Vale, Samarco, Grupo Votorantim e Grupo Lafarge. Situada em Contagem (MG), a companhia produz anualmente cerca de 37 mil toneladas de aços e ferros fundidos especiais. Projetado especialmente para a Magotteaux, o equipamento da Fornos Jung é um forno tipo campânula, e o aquecimento a gás possui controle de queima através do sistema pulse firing em seis queimadores. Movimentado por uma ponte rolante, o forno é levantado sobre a carga principal colocada em uma base fixa. A automação de controle e registro é completa, através de CLP – Controladores Lógico Programáveis e IHM – Interfase Homem Máquina. O forno chega a 1100ºC e tem capacidade para 19 toneladas de carga projetada, além da alta eficiência para retenção térmica do calor. Segundo Jonas Luchtenberg, diretor da Fornos Jung, o projeto concilia as duas principais premissas para um forno ideal. “O forno possui estrutura com materiais de isolamento eficiente e sistema de aquecimento otimizado. O isolamento utilizado destaca-se pelo uso da fibra cerâmica compactada, o que aumenta significativamente a eficiência da retenção do calor”, explica Jonas. O aquecimento trabalha com queimadores no sistema pulse-firing que proporciona grandes benefícios de produtividade e processo, como economia de combustível (gás), melhor homogeneidade de temperatura, baixas emissões de óxidos de nitrogênio (NOx), e...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: