All Shopping recebe duas novas lojas neste mês

Com a expectativa de atingir todo o sul do Brasil e aumentar a gama de clientes na região, o Grupo Osmoze inaugura duas novas lojas no All Shopping, em Brusque (SC), no dia 27 de fevereiro. Na Denúncia e Linda Z serão vendidas as marcas próprias e também a grife Luciana Gimenez, desenvolvida em parceria com a apresentadora e com ampla aceitação do público feminino. As duas lojas contarão com aproximadamente 400 lançamentos inéditos, que se destacam pelo estilo moderno e acabamento impecável. Para vestir jovens de todas as idades, a Denúncia oferece jeans de excelente qualidade, com modelagens e acabamentos que vão do básico para o cotidiano ao fashion para os looks noite. Já a Linda Z é voltada para o público feminino exigente, que quer jeans com modelagens impecáveis e caimento perfeito. A escolha pelo All Shopping O fundador da Osmoze há 38 anos, Carlos Rabay Zelaquetti, explica que estão investindo no All Shopping após uma pesquisa encomendada pelo grupo, que detectou o empreendimento como a melhor escolha da região. “Além do bom relacionamento com o proprietário Dellamar Zucco, enxergamos o All como um shopping de ponta, que vem se modernizando todos os anos”, destaca. O grupo nasceu em 1998, em Cia Norte, no Paraná, e conta hoje com seis marcas nacionais – Osmoze, Six One, Denúncia, Linda Z, Eventual e Luciana Gimenez -, presentes em 30 lojas de varejo, 25 lojas de atacado, e distribuídas em multimarcas por 100 representantes. Para o Exposanta, semana de moda que ocorre em Brusque de 5 a 9 de março, Zelaquetti já promete novidades. “Traremos uma grande surpresa para os...

Setor de transportes deve se adaptar a nova legislação

Documento fiscal eletrônico já é uma realidade para muitas empresas O Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e) vem se tornando cada vez mais comum no Brasil, embora ainda não seja obrigatório. Muitas transportadoras já se vêem obrigadas a emitir o documento eletrônico, pois as empresas para as quais prestam serviços trabalham com Nota Fiscal eletrônica. O principal impacto da documentação eletrônica é na utilização da Tecnologia da Informação (TI), que hoje ainda não é explorada em sua plenitude pela maioria das empresas de transportes de pequeno e médio porte. “Essas empresas possuem algumas resistências à adesão aos documentos eletrônicos, pois há uma carência muito grande de informações no segmento”, aponta o consultor Roberto Doria, da G2KA Sistemas, de Blumenau (SC). Segundo ele, o transportador não tem como hábito, por exemplo, repassar aos seus clientes informações sobre a entrega e a coleta das mercadorias. “O uso dos documentos eletrônicos transparece maior segurança, pois a empresa que investe nisso informa, muitas vezes em tempo real, o status sobre onde está a mercadoria. Quem já precisou contar com serviços de entrega de uma transportadora, sabe a diferença que este tipo de informação acrescenta ao valor agregado do serviço”, observa Doria. Como o CT-e envolve puramente tecnologia, ele representa uma porta de entrada para demais recursos de infraestrutura e informação. Transportadoras de pequeno e médio porte poderão fornecer serviços dos quais hoje somente as grandes dispõem. Para o cliente final, haverá maior oferta, com serviços de qualidade muito semelhantes. Por outro lado, somente as empresas que se adequarem permanecerão no mercado. O consultor Roberto Doria alerta: “Ao decidirem aderir e investir no CT-e, as...

HBSIS – 20 anos de Sucesso!

Empresa blumenauense de TI completa duas décadas atendendo a maior cervejaria do Mundo Quem passa desapercebido pela rua Ângelo Dias, no centro de Blumenau, não imagina que em quatro andares do edifício George Buatim encontram-se quase 200 profissionais trabalhando para a maior cervejaria do mundo em volume de produção. É ali que se localiza a sede da HBSIS, especialista em soluções de TI, que atende a importantes clientes sendo a AmBev o principal. Uma história de dedicação e boas parcerias O sócio fundador, engenheiro civil, Humberto Matesco já trabalhava na área de TI, quando foi desafiado a se tornar sócio de uma empresa que prestava serviços para Brahma e necessitava ampliar a oferta de serviços. Entretanto, Matesco decidiu abrir o próprio negócio, em 1990, para atuar como parceiro ao invés de sócio. “Com o dinheiro do fundo de garantia do meu antigo emprego e a venda do meu carro, consegui comprar um ar condicionado, móveis, dois computadores e uma impressora. Foi assim que comecei, apenas com conhecimento sobre os sistemas e muita dedicação”, lembra o sócio fundador da HBSIS. Um ano após a criação da HBSIS, o economista João Luiz Kornely, com experiência de 12 anos em TI, adquiriu parte da empresa, destaca que características como conhecimento, competência e trabalho foram essenciais para a empresa dar certo. “Embora fôssemos jovens, tínhamos muita bagagem”. Em 1996, por uma necessidade de mercado, a Brahma, atual AmBev, abre o seu primeiro CDD (Centro de Distribuição Direta) já utilizando o sistema da HBSIS. Em apenas quatro meses, os então jovens empreendedores auxiliaram a triplicar a fatia de mercado da cervejaria em Recife, atualmente...

Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha apresenta o Senior Experten Service em Blumenau

O desenvolvimento precisa de experiência. É este o conceito que o Senior Experten Service – SES – traz para o Brasil. O programa alemão, que presta consultoria gratuita, será apresentado aos interessados do Vale do Itajaí nesta quinta-feira, 27 de maio, às 8h30, no auditório da Acib. A palestra será ministrada pela coordenadora do Programa do SES Mercosul, Agnes Enzinger, e é aberta ao público. Promovido pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, o evento conta com o apoio da Senior Sistemas, MDS, Trip Service e WisGold. Com a prestação de serviços de consultores aposentados, o SES é apoiado e financiado por entidades empresariais e pelo Ministério de Desenvolvimento alemão. O programa visa ajudar rápida e efetivamente empresas e empresários da Alemanha e do exterior por meio do trabalho e da mão-de-obra oferecidos por consultores com vasta experiência. “O SES possibilita a um número crescente de especialistas aposentados a oportunidade de colocar suas experiências e conhecimentos adquiridos durante uma vida toda à disposição de empresários de todo o mundo”, destaca a gerente regional da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha, Sofhia Elise Harbs. O melhor é que para as empresas interessadas o custo desta consultoria é muito baixo, uma vez que os consultores não cobram salários ou honorários. “O custo do SES é apenas o de manutenção dos profissionais no Brasil, ou seja, passagens, hospedagem e alimentação no período em que estiverem prestando a consultoria”, explica Sofhia. Sobre o SES O Senior Experten Service – SES foi criado no início dos anos 80, na Alemanha, e já teve mais de 20.000 missões realizadas ao redor do mundo, sendo aproximadamente...

NF-e atinge novos setores até julho

Cerca de 550 novas atividades terão que se adaptar neste ano Em 2010, as empresas brasileiras passam por três novas etapas para a adoção do modelo de Nota Fiscal Eletrônica (NF-e). Um grupo de contribuintes já teve de se adequar em abril. As próximas etapas são em julho e outubro. Ao todo, são cerca de 550 novas atividades econômicas neste ano. O enquadramento das empresas que precisam emitir a NF-e é conforme a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE). O contribuinte deverá verificar se seu código aparece no Anexo Único do CAT de acordo com as três datas estabelecidas para adoção ao modelo em 2010. A Secretaria da Fazenda de cada Estado possui essa relação. Segundo o sócio da G2KA Sistemas, de Blumenau (SC), Maicon Klug, o sistema traz vários benefícios. “Além de o Fisco poder acompanhar, em tempo real, a atividade econômica e a integração de informações com as Secretarias de Fazenda dos Estados, o contribuinte será beneficiado com redução de custos administrativos, tempo de impressão de documentos fiscais, gastos com armazenamento de arquivo em papel, além de diminuir despesas com a racionalização e a simplificação das obrigações acessórias, entre outros ganhos”, enumera. Para saber quais são os setores obrigados a adotar a NF-e a partir de julho de 2010, acesse o site da G2KA:...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: