Novo plano da Unimed resgata figura do médico da família

Novo plano da Unimed resgata figura do médico da família

Com a proposta de atenção centrada na pessoa, e não na doença, o Personal estreia acompanhando os 1.500 colaboradores da Cremer                                       Para promover o conceito de atenção integral à saúde e inspirada em experiências bem-sucedidas no Reino Unido e Canadá, a Unimed Blumenau lançou no Vale do Itajaí o plano Personal. O foco está no cuidado centrado na pessoa, e não na doença, com acompanhamento contínuo do usuário para a promoção da saúde. A Cremer é a primeira empresa da região a aderir ao Personal, e os cerca de 1.500 funcionários da indústria têxtil já contam com o atendimento de uma equipe multidisciplinar.   “Entre as vantagens do modelo estão o rápido acesso ao atendimento e o resgate do médico da família, profissional responsável por cuidar de modo abrangente de cada indivíduo e identificar problemas que necessitem de atendimento especializado”, explica a diretora vice-presidente da Unimed Blumenau, Irene Wiggers. “No modelo tradicional, muitas vezes o paciente recebe atenção inicial em serviços de maior complexidade, como pronto-atendimentos e hospitais, e nem sempre há coordenação e continuidade dos cuidados”, acrescenta Irene.   “Aderimos ao novo plano Personal por disponibilizar um atendimento mais centrado e contínuo aos nossos colaboradores. A atenção com foco na prevenção e no auto cuidado e, os profissionais responsáveis para cuidar de modo abrangente de cada funcionário, foram alguns dos incentivos para retornarmos à Unimed Blumenau com este novo produto diferenciado”, ressalta o gerente de saúde ocupacional da Cremer, Edson Galisa.   O Personal obedece à regulamentação da Agência Nacional...
Verão exige cuidados para evitar a desidratação e intoxicação alimentar

Verão exige cuidados para evitar a desidratação e intoxicação alimentar

Os cuidados com a alimentação na estação mais quente do ano devem ser redobrados.   Alimentos e bebidas necessitam de cuidados e atenção redobrados em função das altas temperaturas e umidade do ar no verão. De acordo com a Organização Mundial da Saúde – OMS, cerca de 600 milhões de pessoas no mundo adoecem por ingerirem alimentos contaminados; mais de 40% delas são crianças.   As cautelas com a alimentação precisam ser priorizadas no decorrer do ano, mas, no verão, casos de intoxicação alimentar e desidratação surgem com maior frequência no Brasil – OMS. O gastroenterologista cooperado à Unimed Blumenau, Bruno Walter Wascheck, explica sobre os distúrbios e dá algumas dicas para preveni-los.   Intoxicação alimentar: Ocorre com a ingestão de alimentos ou água contaminados por bactérias, vírus e microrganismos capazes de sobreviver e se multiplicar no intestino humano. “Os sintomas podem variar, entre eles pode-se destacar náuseas, vômito, dores abdominais, indisposição e diarreia intensa. Normalmente, o organismo resolve o problema entre 5 e 7 dias, com pouca ou nenhuma interferência de medicamentos”, explica. “No verão é difícil evitar que a doença aconteça devido ao calor intenso e a vasta umidade do ambiente. Mesmo conservando bem os alimentos, existe a probabilidade de contaminação. Comidas guardadas na geladeira por 48 horas ou mais, também estão suscetíveis ao contágio”, completa. Abaixo o especialista dá algumas dicas para evitar a intoxicação alimentar: Manusear os alimentos com higiene, lavá-los e, sempre que possível, colocá-los submersos em água e vinagre antes de ingeri-los; Atenção redobrada com o ovo, sempre lavar a casca com detergente neutro antes de prepará-lo; Mesmo que os alimentos estejam dentro do...
Verão: dermatologista alerta sobre cuidados com a pele durante a estação mais quente do ano

Verão: dermatologista alerta sobre cuidados com a pele durante a estação mais quente do ano

Micose, insolação, bicho geográfico, fitofotodermatose e brotoeja são doenças comuns com o excesso de calor e suor.  De acordo com estudos da Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD, o aumento excessivo da temperatura no Brasil vem acarretando inúmeros problemas, entre eles: desidratação, infecções e queimaduras na pele.   “No verão, os cuidados com a pele devem e precisam ser redobrados pelo risco maior de queimaduras, envelhecimento precoce, câncer de pele e outros diversos distúrbios. A estação é a mais propícia para o surgimento de problemas na pele, causando irritações e exigindo precauções”, explica a dermatologista cooperada à Unimed Blumenau, Renata Gomes Bastos. A especialista esclarece sobre as principais doenças dermatológicas no verão e como evitá-las:   Micose: São infecções causadas por fungos e podem ocorrer na pele, unhas e cabelos. “Os fungos estão presentes em diversos ambientes e quando encontram condições favoráveis para o crescimento, como calor, umidade e baixa imunidade, reproduzem-se e causam a doença”, explica Renata.   Para evitá-la, aconselha-se secar bem a virilha, tomar ducha de água doce após mergulhos, trocar sungas/biquínis molhados e verificar os espaços entre os dedos dos pés. Estes procedimentos são essenciais e indispensáveis nesta época do ano.   Insolação: É desencadeada pelo excesso de exposição ao sol. Os principais sintomas são: vermelhidão na pede, sede intensa, suor excessivo, aumento da temperatura corporal, dor de cabeça, dificuldade para respirar, tontura e vômito.   “Adotar hábitos saudáveis pode evitar o mal estar. Aconselha-se: evitar a exposição direta ao sol entre 10h e 16h; hidratar-se adequadamente (2 a 3 litros de água/suco natural por dia); utilizar filtro solar; usar roupas de tecidos leves e...
Doenças respiratórias no Verão: pneumologista fala sobre formas para amenizar sintomas e mal-estares

Doenças respiratórias no Verão: pneumologista fala sobre formas para amenizar sintomas e mal-estares

Profissional explica como tratar e evitar problemas respiratórios que afetam 40% da população brasileira.   De acordo com a Organização Mundial da Saúde – OMS, 40% da população brasileira apresenta sintomas de doenças respiratórias. Especialistas estimam que até o final do século 21, metade dos brasileiros devem sofrer com diversos tipos de alergias e doenças respiratórias. Asma, bronquite, rinite e faringite são doenças populares no verão, mas, além delas, existem doenças comuns de inverno que também afetam a população na estação mais quente do ano. Assim como no inverno, o verão provoca diversas doenças respiratórias, entre elas amigdalite, sinusite, pneumonia, gripe e resfriado. O pneumologista e médico cooperado à Unimed Blumenau, Ricardo Albaneze, explica sobre essas doenças e quais as formas corretas de evitá-las. “No verão, as temperaturas costumam ser mais altas, o tempo seco e úmido ao mesmo tempo acarretam problemas nos pulmões e/ou nas vias respiratórias. Esse fator também pode provocar irritações no aparelho respiratório e até infecções nos pulmões, causando, assim, as conhecidas doenças respiratórias de verão”, ressalta Albaneze.   Amigdalite e Faringite Ambas são conhecidas como inflamação na garganta. A amigdalite é o quadro inflamatório das amígdalas, gânglios localizados na parte superior da garganta que atuam como órgão de defesa, impedindo que micro-organismos invadam o corpo humano por meio da boca, nariz ou garganta. Já a faringite é a doença da faringe, região da garganta que fica entre o nariz e da laringe, onde estão localizadas as cordas vocais. “Para evitar a amigdalite ou a faringite são necessários cuidados como: manter sempre a higienização das mãos, evitar ambientes fechados e com muitas pessoas, vacinar-se contra...
Hiperidrose: especialista fala sobre formas para amenizar o suor excessivo

Hiperidrose: especialista fala sobre formas para amenizar o suor excessivo

Profissional explica como tratar a doença que afeta seis milhões de brasileiros. De acordo com a Organização Mundial da Saúde – OMS, milhões de pessoas sofrem com a Hiperidrose – doença conhecida por causar suor excessivo nas mãos, rosto, couro cabeludo, pescoço, axilas e pés. Atualmente, três em cada 100 pessoas no mundo apresentam a doença. No Brasil, são mais de seis milhões de pessoas que sofrem com a Hiperidrose. O cirurgião torácico cooperado à Unimed Blumenau, Romero Fenili, explica sobre a doença e dá dicas de como amenizar os sintomas.   O que é Hiperidrose?   A Hiperidrose é uma condição clínica em que a pessoa sua excessivamente. Pessoas que sofrem com a doença podem suar mesmo quando a temperatura está baixa ou quando estão descansando. “Pode até parecer uma doença simples, mas ela pode trazer sérios danos à qualidade de vida do paciente”, destaca Fenili.   Existe cura ou tratamento para doença?   O tratamento preferencial para a Hiperidrose é cirúrgico e cura o paciente na maioria dos casos. Nos casos mais leves da doença axilar exclusivamente, podem ser indicados o uso tópico de cremes ou a aplicação de toxina botulínica. Já quadros mais graves, ou a Hiperidrose nas mãos e pés, exigem a intervenção cirúrgica. A cirurgia implica na secção da cadeia nervosa simpática, cirurgia conhecida como Simpatectomia.   Quais as dicas para as pessoas que sofrem com a doença?   A Hiperidrose costuma ser um problema que afeta principalmente os aspectos psicológicos e sociais do paciente, assim como em muitos casos as atividades laborais. Existem algumas medidas que podem ajudar a melhorar a qualidade de...
Futsal blumenauense renova patrocínio para 2019

Futsal blumenauense renova patrocínio para 2019

Unimed Blumenau oficializa patrocínio ouro com o esporte de Blumenau pelo segundo ano consecutivo. A Unimed Blumenau e o Blumenau Futsal assinaram na tarde desta terça-feira (18) o contrato de patrocínio ouro oficial à equipe para a temporada 2019. O patrocínio acontece desde início de 2018 e tem o intuito de valorizar, apoiar e incentivar o esporte blumenauense. A assinatura do contrato trará mais segurança aos atletas e ao público que acompanha os jogos, que terão um serviço de atendimento de urgência e emergência à disposição e distribuição de brindes nas partidas da equipe em casa. Para 2019 a equipe já tem confirmada a participação na Liga Nacional, Campeonato Estadual da Divisão Especial e Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc). O presidente do Blumenau Futsal, Marcelo Weber, ressalta a importância do apoio recebido. “Estamos felizes com a renovação do contrato com a Unimed Blumenau, é um patrocínio de grande importância para toda a equipe do futsal blumenauense. É importante ressaltar que além do patrocínio financeiro, teremos em todos os jogos a cobertura do serviço SOS Unimed, com ambulâncias, socorristas e médicos, normas da liga nacional e estadual de futsal. Com esse patrocínio conseguimos ter esse atendimento de qualidade para o clube”. “Temos muito orgulho em apoiar novamente o Blumenau Futsal, que mais uma vez, mostra a importância do esporte na vida das pessoas. O incentivo e apoio ao esporte amador da cidade são de grande relevância para a cooperativa”, afirma o presidente da Unimed Blumenau, Alexandre José Ferreira. Além do apoio ao Blumenau Futsal, a Unimed Blumenau é patrocinadora master do Paradesporto de Blumenau. O patrocínio beneficia mais de...

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: