Cinco passos para criar uma identidade visual marcante

Especialista dá dicas de como elaborar de maneira correta os aspectos IMG_2115_baixaformais da marca.

A identidade visual é o ponto chave para que uma marca se destaque
no mercado. Ela pode ser definida como o conjunto de elementos que representa visualmente um nome, um serviço, uma ideia, um produto, uma empresa ou instituição. O especialista em Comunicação e Marketing e diretor da Haai Comunicação e Marketing, André Luiz de Freitas, listou algumas dicas essenciais para a boa construção desse quesito.

  1. Crie uma imagem consistente

Primeiro você tem que ter em mente que marca e design devem caminhar juntas. Um ponto essencial é pensar em sua aplicação, bem como no padrão de cores. É importante estabelecer um vínculo com as cores, assim, você terá uma rápida associação do público com o produto ou marca.

  1. Dê mais atenção ao seu público

É importante analisar o impacto da identidade visual nas pessoas. O especialista cita que é fundamental estabelecer uma relação emocional com o público. “Os designers têm que saber exatamente quais são os valores da marca e o que querem transmitir, para então criarem uma conexão com o consumidor”, indica.

  1. Simplicidade é a chave

Não adianta ter uma marca colorida e cheia de elementos se a mensagem que está sendo transmitida não é a mesma captada pelo público. É melhor optar por itens visualmente limpos e simples, mas que passem a ideia da marca de forma certeira e não crie dúvidas para os clientes.

  1. Envolva-se com questões sociais e ambientais

Ações voltadas a assuntos que estão constantemente sendo debatidos como problemas ambientais e sociais é primordial. Além de mostrar que sua marca quer fazer a diferença no mundo, ajuda a engajar os consumidores a se envolverem mais com os temas e ao mesmo tempo, com a marca.

  1. Crie um manual de uso

Após a definição das cores, logotipo e qual a mensagem que você quer passar para o público com esses elementos, Freitas recomenda a criação de um manual de uso de identidade visual. “Este é um documento muito conhecido por designers gráficos, que geralmente contém as recomendações, normas e especificações para o uso da marca, evitando assim que ela seja usada de forma indevida”, relata. Ele explica que é importante que o manual contenha a lógica construtiva da marca, bem como suas variações, dimensões mínimas de reprodução e especificações técnicas das cores utilizadas, garantindo assim a fidelidade da ideia na hora da reprodução.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: