Como harmonizar pratos típicos do Natal e Ano Novo

Sommelier Igor Maia dá dicas para deixar os pratos mais consumidos na época em sintonia com vinhos e espumantes.

Peru, leitão assado, Rabanada e Panettone. Estes são alguns dos pratos mais encontrados na mesa das famílias brasileiras durante o Natal e o Ano Novo. O espírito natalino é algo mágico e encantador e no mundo gastronômico também é assim. O momento de reunir as pessoas que amamos é preservado com carinho e os pratos sempre são caprichados. Mas, afinal, como criar a sintonia perfeita com as bebidas típicas da época?

O sommelier de vinhos da Decanter, Igor Maia, separou algumas dicas para fazer uma boa harmonização neste fim de ano. “O peru é um clássico do Natal e possui carne delicada e doce. Por isso, o prato é ideal para ser acompanhado de tintos leves com taninos amáveis como um bom Pinot Noir, como o Glen Carlou Pinot Noir e o Craggy Range Te Muna Road Pinot Noir”, explica. Porém se a escolha for a carne de cordeiro, o sommelier indica Tannat do produtor Alain Brumont ou o extremamente consistente Cabernet da De Martino. “O cordeiro é uma carne de sabor pronunciado e com certa gordura, por isso, pede tintos encorpados, ricos em taninos”, indica.

A Rabanada e o Panettone também estão constantemente presentes no cardápio natalino, e, para estes, Maia indica Moscatel de Setúbal e espumantes doces. “Harmonizam muito bem com a rabanada o De Martino Sémillon Late Harvest e José Maria da Fonseca Alambre Moscatel de Setúbal. Já com o Panettone, o ideal são Araldica Asti e Barnaut Cuvée Douceur”, relata.

Segundo o sommelier, quem optar pelo Bacalhau, encontra um prato muito versátil, que, dependendo da receita, vai bem com brancos, rosados e até tintos, desde que não sejam muito encorpados. Já quem for consumir leitão assado, deve escolher tintos de corpo e frescos em acidez, pois a carne possui maior teor de gordura, para aqueles que querem dar uma nova chance ao Lambrusco, sugiro experimentar com o premiado Lambrusco Reggiano Concerto Secco do produtor Medice Ermete. Este vinho recebeu 91 pontos em 100 na Revista Decanter e 3 Bicchieri no Gambero Rosso (classificação máxima no principal guia da Itália), para os conservadores, a opção é o Barbera d’Alba do produtor Pio Cesare, uma das grandes referências do Piemonte.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: