Construção civil segue forte em Balneário Camboriú

[photopress:Foto_BC.jpg,full,centered] A construção civil fechou o primeiro semestre deste ano com saldo positivo em geração de empregos em Balneário Camboriú. Nos primeiros seis meses, foram contratados 2.708 empregados e desligados 2.267, gerando variação positiva de 9,48% e saldo de 441 vagas – o melhor desempenho da cidade, se comparado aos demais setores produtivos. Os números são do Ministério do Trabalho e Emprego/Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados). “Num momento de aparente retração na abertura de vagas em vários setores, a construção civil segue forte, em franca expansão. Isso nos deixa felizes pelo bom desempenho, mas igualmente cientes da grande responsabilidade que o segmento possui na economia local e regional”, avalia o presidente do Sinduscon de Balneário Camboriú, Carlos Haacke.

Diante desse cenário e com o crescente número de vagas no setor, fica cada vez mais difícil atrair e reter talentos. As construtoras precisam inovar e criar formas de fazer com que os colaboradores sintam-se motivados para continuar no emprego. “Estamos encontrando grandes dificuldades para contratação de mão-de-obra. Realizamos muitas ações de marketing para atrair candidatos, mas, a oferta é grande por parte das empresas”, aponta a coordenadora de RH da FG Empreendimentos, Daiane Gorges.

Segundo ela, um dos benefícios que mais atrai a atenção dos candidatos é a alimentação. Nesta quesito, a FG saiu na frente, oferecendo buffet nas obras. Assim, em vez de comer em marmitas prontas, os trabalhadores podem se servir à vontade. A alimentação é acompanhada por nutricionista. “Muitos não gostavam de marmitas, pois os alimentos vinham misturados ou frios. Agora, cada um pode escolher o que deseja comer todos os dias”, afirma Daiane.

Outros benefícios como ginástica laboral, transporte para os funcionários que residem na cidade vizinha, seguro de vida e treinamento, fazem parte da rotina de quem trabalha na FG. Daiane também ressalta a importância de investir em educação e cultura, com palestras, cursos e oficinas de artes e de música. “Esses benefícios, somados, representam a melhoria do desempenho nas atividades diárias e, consequentemente, o que a empresa terá são colaboradores mais motivados e dedicados ao trabalho”, observa a coordenadora de RH.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: