Construções em madeira ganham espaço no Brasil e no mundo

Engenheiro graduado em Engenharia Industrial Madeireira explica porque a tendência demorou tanto para chegar ao País e conta as vantagens deste modelo de construção.

No Japão, desde 2010, uma lei determina que todo novo prédio público com até três andares seja construído em madeira. Nos Estados Unidos, a madeira também está presente em quase todas as casas. Mesmo as que possuem paredes de tijolos ou pedras têm elementos estruturais em madeira. E, aos poucos, essa tendência está chegando também ao Brasil.

O engenheiro, graduado em Engenharia Industrial Madeireira pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp), Murilo Negreli, explica que os modelos de construção em madeira demoraram a chegar no Brasil por questões culturais. “Apesar do Brasil possuir uma grande oferta, ainda estamos criando uma cultura de construir em madeira, crescemos ouvindo a história dos Três Porquinhos, diferentemente dos países da América do Norte e Europa”, comenta o engenheiro.

Conforme Negreli, estima-se que neste ano sejam construídos nos Estados Unidos 714 projetos em Madeira Massiva, dentre eles edifícios multifamiliares, comerciais ou institucionais. As madeiras massivas são grandes peças de madeira pré-fabricadas para todos os aspectos da construção: vigas, pilares, paredes, teto e piso. Além disso, elas são resistência ao fogo, são sustentáveis , fortes e duráveis.

No Brasil, o engenheiro lembra que está em processo de finalização do primeiro prédio em Mass Timber do Brasil, construção pré-fabricada de grande porte em madeira. “Ele servirá para abrir portas e disseminar a cultura da construção dos prédios de madeira no Brasil”, comemora Negreli.

Para o especialista, o crescimento das construções em madeira tem um apelo social importante. “Estamos confrontados com duas grandes questões do nosso tempo: mudanças climáticas provocadas pelo homem e uma população mundial crescente. Para construir habitações adequadas para as gerações futuras, utilizando-se da industrialização, devemos reinventar a construção para que possamos atender a essa necessidade com o mínimo efeito sobre o meio ambiente”, destaca.

 

Vantagens

O engenheiro madeireiro comenta que são muitas as vantagens das construções em madeira, como mais agilidade, em um sistema industrializado, que exige apenas o transporte e montagem no local da obra.

Sérgio Jankowski, vice-presidente da Grossl, empresa do segmento de adesivos e abrasivos para indústria madeireira e moveleira, concorda e complementa que a madeira apresenta redução em cerca de 60% do tempo para a execução da obra. “A madeira também desempenha um papel sustentável, já que é renovável e reaproveitável”, comenta.

Negreli acrescenta, ainda, que “uma obra em madeira produzida com manejo adequado sequestra dióxido de carbono da atmosfera. Em média, para obtenção de 1m³ de madeira, é extraído uma tonelada de C02”.

O engenheiro apresenta outros dados importantes relativos à sustentabilidade. “A madeira é sustentável, ou seja, possui um ciclo de utilização, colhe-se árvores e outras são plantadas no local. Além disso, a energia para obtenção da madeira é o sol e dióxido de carbono. Materiais convencionais, como aço e concreto são finitos, e, diferentemente da madeira, necessitam de muita energia para sua geração, muito disso resulta da energia de combustível fóssil necessária para forjar aço e produzir concreto”, destaca.

A geração de resíduos também é bem menor, segundo Negreli. “Durante o processo de construção é produzido 85% menos resíduos e, além disso, as edificações em madeira em média pesam 40% menos que as construções convencionais, reduzindo diretamente o impacto com fundações e transporte”, diz.

Para os ambientes, a madeira também proporciona bom isolamento térmico e acústico e comportamento favorável a abalos sísmicos, que não são comuns no Brasil, mas já foram registrados.

 

Técnicas mais utilizadas

Nos últimos anos, conforme explica Negreli, a indústria da madeira evoluiu muito e hoje em dia existem processos fabris que garantem total qualidade e oferecem garantia nos produtos oferecidos. É o que se denomina Madeira Engenheirada, aquela que em fábrica pode-se garantir a umidade da madeira, tratamento contra fungos e cupins, qualidade da colagem, etc. Negreli explica quais são as técnicas de construção em madeira mais utilizadas atualmente:

  • Madeira Laminada Colada (MLC): Utilizado basicamente para vigas e pilares, consiste em lamelas coladas paralelamente com adesivo estrutural para obtenção de peças estruturais na dimensão necessária.
  • Madeira Laminada Pregada (NLT, do termo em inglês NailLaminatedTimber): Utilizado para lajes e paredes estruturais, consiste em lamelas pregadas paralelamente para obtenção de painéis estruturais na dimensão necessária.
  • Madeira Laminada Cruzada (CLT, do termo em inglês Cross LaminatedTimber): Utilizado basicamente para lajes e paredes estruturais, consiste em lamelas coladas perpendicularmente com adesivo estrutural para obtenção de painéis estruturais na dimensão necessária.
  • Wood Frame: Utilizado basicamente para paredes estruturais e de fechamento, consiste em uma estrutura travada com painéis de madeira para obtenção de trechos de parede.

 

Importância na colagem

Jankowski ressalta que para que uma construção moderna em madeira tenha segurança e tenha qualidade, a escolha do adesivo é um fator de extrema importância. Já que é ele que permite que a madeira possa atuar de forma determinante na construção civil. “É preciso utilizar um adesivo normatizado de alta resistência e tecnologia, já que é necessário alta precisão em todos os processos, pela necessidade de alta resistência. Para obter qualidade na colagem, é necessário avaliar a espécie da madeira que vai ser utilizada, e preparar a madeira que vai ser colada, para garantir uma boa adesão”, explica Sérgio.

Como opção existem hoje no mercado opções como o adesivo industrial Advantage EP-950A, do fabricante Franklin International, que é distribuído pela Grossl no Brasil. “Excedendo as normas ASTM D2559-12a e ASTM D7247-07ae1 que são exigidas para várias aplicações estruturais, o adesivo pode ser utilizado em equipamentos de colagem a frio e a quente, e possui elevada resistência à água, ao calor e a solventes”, destaca o vice-presidente da empresa.

Cuidados

Negreli explica que, como qualquer outro material, a madeira possui suas particularidades, no entanto os cuidados de segurança são simples. Confira:

  • Projeto:É imprescindível um profissional capacitado. Iniciando no projeto arquitetônico, a concepção em madeira deve ser pensada pelo arquiteto, evitando, principalmente, pontos de acúmulo de água. Para o engenheiro estrutural, cabe o dimensionamento das peças e conexões metálicas, bem como comportamento da estrutura ao longo do tempo.
  • Material: Escolher os melhores fornecedores, ou seja, aqueles que oferecem controle do material nas normas em fábrica e garantia.
  • Mão de obra: Escolha de uma equipe especializada e com os equipamentos necessários.
  • Manutenção preventiva: A manutenção de uma estrutura bem projetada, com os materiais adequados e montada com profissionais certos é somente a pintura cada dois anos para proteção e estética do material.

 

Sobre a Grossl

A Grossl, indústria catarinense que também faz importação, gestão e distribuição de produtos e serviços técnicos de excelência, apresenta soluções com padrão internacional para indústria e varejo. Comercializa marcas como Franklin International, Titebond, Ekamant, Starcke, Horse e Dynabrade. Além disso, abrasivos,  adesivos, colas, selantes, discos de corte, desbaste, ferramentas pneumáticas, esponjas abrasivas e diversas outras ferramentas e acessórios estão disponíveis ao mercado brasileiro por meio de modernos canais de atendimento, amparados pela excelência da Grossl, que está há quatro décadas no mercado.

 

 

 

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Tubarão (Santa Catarina)
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: