Cuidados com a saúde no verão

Calor e tempo seco aumentam risco de reações alérgicas e problemas respiratórios.

A estação mais quente do ano muitas vezes é a mais aguardada para aproveitar as férias, praia e piscina. Mas, a estação pode trazer também desconfortos. São as chamadas alergias sazonais, em razão do aumento da circulação de poeira – por falta de manutenção dos aparelhos de ar condicionado – e maior circulação de pólen das flores, além do uso de venenos contra insetos.

No verão, a polinização das plantas ocorre com mais intensidade, principalmente em dias com vento e sol, o que faz com que os grãos de pólen se concentrem em maior quantidade no ar. O mesmo acontece com o acúmulo de poeira. Por isso, o pneumologista pediátrico e diretor do serviço de Pneumologia Pediátrica do Hospital Dia do Pulmão, Laerte Costa Alberton, alerta que quem sofre de rinite, asma, bronquite e outros problemas respiratórios precisa ter um cuidado maior nesse período. “Quando o pólen ou poeira entra nas vias nasais, os sintomas das doenças respiratórias como espirros, coriza, falta de ar e congestão nasal, se manifestam. Além disso, a alergia a estes aerodispersíveis também pode provocar coceira e vermelhidão nos olhos, sinais da conjuntivite alérgica”, explica.

Já no caso das alergias provocadas por conta dos produtos químicos contidos nos venenos contra insetos, o indicado é optar pelo uso de telas em janelas e produtos menos tóxicos, como é o caso dos repelentes.

Outra causa de problemas respiratórios é o uso constante do ar-condicionado, que pode provocar alergias por dois motivos. O primeiro está ligado aos ácaros, fungos e bactérias, que se concentram no aparelho. Quando ligado, os microorganismos são facilmente proliferados por todo o ambiente, provocando o surgimento de reações alérgicas. O segundo motivo é o popular choque térmico. Além da rápida mudança de temperatura na transição entre ambientes climatizados e naturais, o resfriamento do ar pode afetar o trabalho e a sensibilidade da mucosa respiratória, ocasionando os sintomas. Alberton explica que nestes casos o melhor é se prevenir, fazendo a limpeza e manutenção periódica do aparelho. “É importante também intercalar períodos com o sistema ligado e desligado. Assim, minutos antes de sair do ambiente, basta desligar o ar condicionado, para que o organismo se habitue à temperatura exterior”, indica.

Buscando orientação médica

Caso os sintomas de alergia se manifestem é fundamental buscar orientação médica. Dependendo dos sintomas, também é importante fazer o Teste Alérgico, para diagnosticar se não há algum outro tipo de alergia que pode agravar as reações. Em Blumenau, o Hospital Dia do Pulmão aplica esse exame, que verifica a sensibilidade (alergia) a certas substâncias inalantes. A aplicação do teste é indolor, feitas através de punturas na pele da região do antebraço, para permitir que as substâncias entrem em contato com o organismo.

Mais informações podem ser obtidas pelo (47) 3037-7099.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: