Dia Mundial da Saúde: vinho pode reduzir problemas cardíacos

Ingerida com cuidado e moderação, a bebida além de acompanhar as refeições, auxilia na qualidade de vida.

Celebrado no dia 7 de abril, o Dia Mundial da Saúde busca conscientizar sobre os cuidados na preservação da saúde, incentivando a busca por hábitos saudáveis e a conquista de uma qualidade de vida melhor, conceito que engloba diferentes fatores.  Entre as principais orientações dos especialistas para uma vida longeva e saudável, estão a adoção de alimentação balanceada e a prática de exercícios físicos regularmente. Outra indicação que pode ajudar é o consumo moderado de vinho.

Considerado uma das bebidas mais antigas do mundo, o vinho proporciona inúmeros benefícios à saúde. Entre os atributos mais comuns, está o aspecto de prevenção de doenças cardiovasculares, que constituem a maior causa de mortes no mundo. Devido ao alto teor de componentes naturais, presentes principalmente na casca da uva, a bebida possui ação antibiótica, efeito antioxidante, auxiliando na prevenção da formação de placas de gorduras nas artérias.

Segundo um estudo realizado pela Universidade Paris Ouest Nanterre La Défense e pela Universidade Bordeaux Segalen, a incidência de mortes em homens de meia-idade por doenças cardíacas e circulatórias entre pessoas que consomem regularmente o vinho chega a ser 40% menor.

A pesquisa releva que coração não é o único a ser beneficiado pelo líquido, o consumo moderado e regular junto com as refeições reduz cerca de 20% as chances de morte por câncer.

Além dos benefícios para a saúde, a bebida possui propriedades eupépticas, pois seus ácidos enriquecem o suco gástrico e facilitam a digestão. Mas, fique atento: o indicado é consumir com moderação, ou seja, apenas um cálice pequeno por dia de vinho tinto.

Vinho nas refeições

Para comemorar a data e a saúde, o sommelier da Decanter, Sidney Lucas, indica algumas harmonizações para acompanhar as refeições. A primeira opção é o Glen Carlou Grand Classique 2012, mediterrânico, com invernos chuvosos e verões quentes, o vinho pode acompanhar um estufado de cordeiro com legumes aromáticos, bouquet garni, nabos e ervilhas e queijos duros curados.

O italiano Renzo Masi Rosato di Toscana IGT 2016, é fresco e apetecível levemente amargo, no paladar tem características de groselha e morango fresco sob leve toque de rosa vermelha. “Harmoniza com bruschettas de tomate maduro e manjericão, Tagliatelle com frutos do mar e Camarões salteados à chinesa”, finaliza Lucas.

Decanter

Uma das maiores e mais destacadas importadoras de vinhos do Brasil, a Decanter foi eleita a Importadora do Ano, na edição anual de vinhos da revista Gula. Fundada em Blumenau, em 1997, conta com mais de 50 distribuidores por todo o país, além da rede de Enotecas Decanter.

Seriedade, respeito ao cliente e uma política de preços convidativos têm sidos alguns dos suportes desse crescimento.  No entanto, é a esmerada seleção de vinhos que dá corpo à empresa.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: