Doenças de inverno: estação exige cuidados redobrados para prevenção de doenças, especialmente durante a pandemia de Coronavírus

Pneumologista revela que quando as temperaturas despencam, para os pacientes que já possuem algum tipo de comorbidade a preocupação é ainda maior, já que o quadro clínico pode se agravar rapidamente.

 

O inverno já começou e é neste período que aumenta o risco de doenças respiratórias. Em meio à pandemia de Coronavírus, a preocupação se multiplica. Principalmente, para os pacientes que já possuem algum tipo de comorbidade, como diabetes, obesidade, hipertensão, doença cardíaca e entre outras enfermidades.

 

O médico pneumologista do Hospital Dia do Pulmão, centro de referência na área respiratória, em Blumenau, Santa Catarina, Dr. Marcel Müller da Silveira, destaca que o quadro clínico desses pacientes pode se agravar rapidamente, devido a suas comorbidades. “Por esse motivo, é essencial que essas pessoas procurem atendimento médico imediato caso tenha alguma anormalidade, como tosse, febre, dificuldade para respirar ou chiado no peito, para que os casos já existentes não se agravem”, diz.

 

Dr. Silveira revela que quando as temperaturas ficam mais baixas ocorre também o ressecamento do ar, emitindo assim, mais partículas de poeira na atmosfera, aumentando a circulação de vírus e bactérias. “Resultando no aumento a chance de contrair doenças respiratórias no inverno. Isso acontece devido as constantes alterações das temperaturas, fazendo com que o sistema imunológico do paciente fique mais fragilizado. Como o organismo não consegue se adaptar, a pessoa fica mais vulnerável a adquirir uma infecção respiratória, gripe ou pneumonia bacteriana”, informa o médico.

 

Por último, o pneumologista aponta que durante o inverno, as pessoas buscam ambientes aquecidos com menor ventilação, formando aglomerações, cenário ideal para a propagação de doenças, entre elas, o Coronavírus. “Para reduzir as chances de disseminação é indicado evitar aglomerações e manter a casa com boa circulação de ar”, conclui o médico pneumologista do Hospital Dia do Pulmão, Dr. Marcel Müller da Silveira.

 

Sobre o Hospital

 

O Hospital Dia do Pulmão (HDP) atua em Blumenau desde 1982, com prestação de serviços voltados ao diagnóstico e tratamento de doenças respiratórias. Destacam-se nesta trajetória pioneira, a introdução da fisioterapia respiratória e pneumologia pediátrica.

 

Além de atendimento nas áreas de pneumologia, alergologia, otorrinolaringologia e cirurgia torácica, o Hospital Dia do Pulmão conta com serviço de Pronto Atendimento, consultórios, exames e tratamentos que permitem o atendimento, diagnóstico e tratamento sequencial nas dependências do HDP.

 

Essa abordagem permite conduzir 99.39% dos pacientes na estrutura do Hospital Dia do Pulmão, o que permite a desospitalização do atendimento. Somente 0,61% dos pacientes atendidos pelo HDP são encaminhados para os hospitais convencionais.

 

No inicio deste ano, o HDP reestruturou o Setor de Pronto Atendimento, separando os atendimentos os pacientes adultos  e  pediátricos.

 

Outro diferencial da área de imunizações é a estrutura física e pessoal dentro de parâmetros sanitários e técnicos internacionais, passando pela monitorização do transporte, conservação (central de refrigeração com sistema de backup que inclui gerador de energia) e manuseio por equipe certificada e treinada especificamente nesta atividade.

 

Recentemente a ativação da consultoria de Vacinas, que permite análise via WhatsApp das carteiras de vacinações, orientações e até agendamentos como o diferencial que caracteriza o HDP ao longo dos seus 37 anos.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Tubarão (Santa Catarina)
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: