Empresas vencedoras do Prêmio Santa Catarina pela Educação serão reconhecidas nesta semana

Quinze empresas e sindicatos do Estado venceram a segunda edição do Prêmio Santa Catarina pela Educação. O anúncio foi feito ainda em setembro e as vencedoras serão reconhecidas durante a quarta edição do Seminário Internacional de Educação que a FIESC promove na próxima quinta-feira (20), em Florianópolis, com a participação de especialistas dos Estados Unidos, Chile e Colômbia.

No vale do Itajaí, a Fundição Santa Terezinha, o Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário de Blumenau e a Coteminas serão reconhecidos. Ao todo, 64 práticas de 56 organizações foram apresentadas à banca de jurados que teve a missão de escolher as melhores nas categorias elevação da escolaridade básica, educação profissional, educação corporativa e melhores práticas de estágio.

Além das quatro categorias, as empresas foram avaliadas de acordo com o porte (pequeno, médio e grande). Também participaram sindicatos de indústrias e de trabalhadores e federações patronais e suas entidades. Os vencedores da categoria estágio classificam-se para representar Santa Catarina na etapa nacional do Prêmio IEL de Melhores Práticas de Estágio, promovido pela Confederação Nacional da Indústria.

O prêmio é uma forma de reconhecimento público aos setores econômicos por suas práticas educacionais a favor do estágio, da elevação da escolaridade e da qualificação profissional de seus trabalhadores. A primeira edição ocorreu em 2014 quando era denominado Prêmio FIESC A Indústria pela Educação. Considerando a ampliação do Movimento e a adesão das Federações do Comércio (Fecomércio-SC), da Agricultura (FAESC) e de Transporte de Carga e Logística (Fetrancesc), a iniciativa passou a ser denominada Santa Catarina pela Educação.

 

Práticas vencedoras no Vale do Itajaí

Elevação da escolaridade básica do trabalhador:

Fundição Santa Terezinha (micro e pequeno porte) – criou o programa Escola Santa Terezinha Fazendo o Futuro. O trabalho de mobilização da indústria de Gaspar começa no processo seletivo, quando o novo colaborador revela seu interesse de retomar os estudos e conhece as ofertas da empresa em relação à qualificação profissional. A meta da empresa é ter 90% do seu quadro de colaboradores com o ensino fundamental completo até 2017 para, na sequência, implantar as turmas de ensino médio. Entre as iniciativas de estímulo à educação estão a oferta de aulas dentro da própria empresa e a dispensa dos colaboradores em horário de trabalho, material escolar gratuito, subsídio de alimentação, acesso a internet e prêmio por assiduidade.

 

Programa de educação executiva:

Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário de Blumenau (sindicato patronal) – O sindicato capacita trabalhadores de empresas associadas com o objetivo de criar o conceito da segurança do trabalho nas empresas do setor da construção. Além disso, visa a garantir o conhecimento e preparar o trabalhador para a aplicação das normas de saúde e segurança do trabalho e para ser o multiplicador deste tema dentro de sua própria empresa.

 

Melhores práticas de estágio:

Coteminas (grande porte) – A Coteminas, de Blumenau, participa do Programa Profissional do Futuro, desenvolvido pelo IEL, entidade da FIESC, que visa capacitar os estagiários em temas fundamentais para o mundo do trabalho, tais como postura profissional, liderança, empreendedorismo. São capacitações de 4 horas realizadas durante o estágio. O estudante tem ainda a oportunidade de participar de projetos da empresa como o Grupo de Melhoria Contínua Coteminas, que trabalha no aperfeiçoamento do processo produtivo. Com a política de recrutamento interno, a indústria valoriza talentos existentes na organização e oportuniza que estagiários se efetivem no quadro de colaboradores.

ogbijbjdcaeejjie

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: