Especialistas alertam sobre importância do Dia Nacional da conscientização e divulgação da Fibrose Cística

Celebrado dia 05/09, a doença genética e crônica afeta principalmente os pulmões, pâncreas e sistema digestivo

Fibrose Cística ou Mucoviscidoseé uma doença hereditária. De acordo com a Associação Brasileira de Assistência à Mucoviscidose e Ministério da Saúde, a doença atinge aproximadamente uma em cada 2.500 crianças e cerca de 70 mil pessoas em todo o Mundo. Conhecida como a doença genética grave mais comum da infância, atinge principalmente os pulmões, pâncreas e o sistema digestivo.

 

De acordo com Hamilton Rosendo Fogaça, pneumologista pediátrico cooperado à Unimed Blumenau, “a doença faz com que as secreções mucosas fiquem espessas e isto provocara acumulo principalmente nas vias respiratórias, estas alterações favorecem a proliferação de bactérias que  causam  , inflamações e infecções como a pneumonia e/ou bronquite, danificando, assim, os pulmões.  A fibrose Cistica também provoca alterações no aparelho gastrointestinal sendo a insuficiência pancreática a manifestação mais frequente que irá determinar insuficiência de  enzimas pancreáticas e provocará a má absorção intestinal de nutrientes e  consequentemente o comprometimento do estado nutricional ”, completa o pneumologista.

 

“O suor excessivo é um sintoma clássico da Fibrose Cística. Na maioria das vezes os pais ou os avós são os primeiros a perceberem o sinal: quando a criança é beijada há a sensação de sabor salgado na boca, também chamada doença do beijo. Todos os pacientes de FC desenvolverão problemas respiratórios, a gravidade dessas complicações e a ocasião em que irão aparecer variam de uma pessoa para outra”, explica Glaunir Maria Foletto, Pediatra que atende Pneumologia Pediátrica, também cooperada à Unimed Blumenau.

 

A especialista ressalta que “é muito importante iniciar o tratamento o quanto antes de forma a prevenir e evitar danos irreversíveis nos pulmões. O tratamento deve ser multiprofissional composto por pneumologista, nutricionista, gastroenterologista e fisioterapeuta. Ele consiste em fisioterapia respiratória e medicações inaladas diariamente. Outros tratamentos são individualizados dependendo de cada caso”.

 

Qual a importância do Dia Nacional de Conscientização da Fibrose Cística?

Fogaça explica que “no Dia Nacional de Conscientização da Fibrose Cística,divulga-se o que é a doença, seus sintomas e sua evolução. Este dia de conscientização é importante para informar a sociedade sobre o diagnóstico e tratamento da doença”. “Para as equipes e centros de referência é um dia para desmistificar os tabus sobre a Fibrose Cística e divulgar os trabalhos e demandas para continuar dando assistência aos pacientes”, finaliza o pneumologista.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: