Jóias e acessórios também precisam ser higienizadas em época de pandemia, diz especialista

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, o vírus pode sobreviver por horas ou até dias nas superfícies metálicas. Para garantir uma maior segurança, especialista explica alguns cuidados que ajudam na preservação e descontaminação das peças

O medo de contrair o novo Coronavírus por meio do contato com superfícies contaminadas está levando diversas pessoas a limparem produtos e objetos de forma inadequada, causando danos aos mesmos.

Segundo estudos feitos pela OMS, o vírus pode persistir nas superfícies e objetos por algumas horas ou, até mesmo, vários dias. Isto pode variar, dependendo das condições em que o ambiente se encontra.

Janaina da Silva, coordenadora de marketing da Authentika Jóias e Óptica, explica que as pessoas precisam ficar atentas ao realizar a descontaminação dos objetos de forma correta, sem danificá-los, como é o caso das jóias.

Assim como as mãos, as jóias devem ser limpas com água e sabão. “A limpeza deve ser feita com as mãos, de forma delicada e enxaguadas em água corrente. Após a limpeza, devem ser secas com um pano limpo e macio”, ensina Janaina.

Uma dúvida comum é sobre passar álcool nas jóias, e a ação exige cuidado. “Na falta de água e sabão, utiliza-se o álcool 70%, mas não é o mais indicado para as jóias, pois o álcool é altamente abrasivo, podendo danificar as peças”, explica.

Conservação das peças

A limpeza das jóias deve ser feita com frequência, mesmo sem o risco de contágio com alguma doença, pois ajuda na conservação das peças.

Uma dica para a duração dos objetos é guardá-los em saquinhos de veludo, pois preserva a qualidade, tanto do metal, quanto de pedras e pérolas. Além disso, as jóias não devem ser usadas em banhos de mar e piscina, pois são locais altamente corrosivos.

“A preservação deste objetos depende totalmente do usuário, que deve evitar o contato dos objetos após o uso de hidratantes, perfumes e maquiagens, além de evitar o uso quando praticar atividades físicas e domésticas, pois o suor acelera a oxidação natural do metal”, explica Janaina.

 

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Tubarão (Santa Catarina)
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: