Minimalismo e purismo são destaques em Memorial Ecumênico

Destacar a atmosfera que os ambientes proporcionam e fazer com que suas formas e referências transmitam sentimentos e emoções para todas as pessoas que convivem neste ambiente. Estes são os principais conceitos do Memorial Ecumênico do Cemitério São José, em Blumenau.

O projeto arquitetônico e a arquitetura de interiores do local, desenvolvidos pelo escritório Osvaldo Segundo Arquitetos Associados, de Blumenau, possuem elevada responsabilidade arquitetônica. “Através da atmosfera gerada, o espaço deve fazer com que as pessoas se desliguem do mundo profano para momentos de reflexão e introspecção. O local possui ambientes calmos e leves com predomínio de cores claras, alguns reflexos e é abnegado de elementos decorativos desnecessários”, ressalta o arquiteto Osvaldo Segundo.

Conforme explica Osvaldo, foram utilizadas referências da Arquitetura Contemporânea Oriental, que trabalha muito bem com o minimalismo, purismo, simplicidade das formas e materiais, sendo a luz um dos principais protagonistas do espaço. “Procuramos este tipo de arquitetura como referência para o memorial, que transmite tranquilidade. A composição de materiais do local é feita com opostos (bruto e polido, luz e sombra), mas sempre com cores claras, como o branco e o cinza. O verde remete a natureza e humaniza o espaço”, destaca.

Representações

O hall do Memorial Ecumênico, que é o local de convívio, conversa e conforto, procura ser monumental, mas, ao mesmo tempo, respeitando a escala humana. “Monumental para lembrarmos que existe um princípio superior a todos nós. O espelho colocado no forro tem esse objetivo, proporcionar monumentalidade ao espaço e fazer com que olhemos para cima”, explica o arquiteto. Já o auditório possui certo simbolismo e também é desprovido de elementos decorativos.

Também há representações da Vida Terrena e Vida Eterna. Para representar a Vida Terrena (finita), como uma pedra bruta cheia de arestas a serem desbastadas, há as paredes com textura de concreto aparente, material áspero e bruto. A Vida Celestial (eterna) está representada pelas paredes brancas, polidas, com reflexo que mostra o infinito. Ela está no nível do piso e pode ser tocada para mostrar que é real.

Ficha técnica

Projeto Arquitetônico: Osvaldo Segundo Arquitetos Associados

Projetos Complementares: Secto Engenharia

Construção e Execução: Saga Engenharia

Área: 740,00m²

21188982903_eeb22d0f61_o

21810082645_98f460803e_o


21622194748_ff50df74ba_b

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: