Musculação terapêutica ganha espaço promovendo a saúde

gabriela

 

Normalmente, quando se fala em musculação, lembra-se de exercícios para hipertrofia, ou seja, ganho de massa muscular para o crescimento dos músculos. Mas, segundo a fisioterapeuta Gabriela Murara Junckes, uma das únicas profissionais de Blumenau e região que integram a Associação Brasileira de Musculação Terapêutica e Treinamento Físico, esta é uma visão equivocada. A musculação, um termo que significa ação muscular, pode ser feita por qualquer pessoa para diferentes objetivos, o que altera é a intensidade dos exercícios.

De acordo com Gabriela, obesos, hipertensos, gestantes, portadores de doenças cardíacas, idosos e qualquer pessoa podem praticar a musculação terapêutica com segurança. Um dos diferenciais desta modalidade para aquela executada em academias é o acompanhamento do fisioterapeuta, que monitora a frequência cardíaca do praticante o tempo todo para determinar a intensidade indicada para cada movimento. “É esse monitoramento que garante a segurança da musculação terapêutica para todos os públicos”, destaca Gabriela.

Os movimentos são feitos com o uso de pesos, halteres, caneleiras e bicicleta ergométrica, além de outros indicados para cada caso. O objetivo é a qualidade de vida e o ganho de força muscular, para recuperar movimentos ou até mesmo praticar outra modalidade esportiva. “A musculação terapêutica prioriza os movimentos funcionais do corpo humano e, além do ganho de força, promove o emagrecimento, melhorias no equilíbrio, flexibilidade e coordenação motora”, explica Gabriela.

Quando optar pela musculação terapêutica?

Gabriela explica que se deve procurar a musculação terapêutica quando é necessário melhorar o condicionamento físico, força e flexibilidade e também para o emagrecimento saudável. “Como é realizada a monitorização da frequência cardíaca, é recomendada, principalmente, para cardíacos, idosos, obesos, hipertensos, gestantes. Mas, pode ser realizada por qualquer indivíduo, seja ele saudável ou com lesões”, completa a fisioterapeuta.

Qual a frequência recomendada?

A quantidade de intervenções semanais, conforme explica Gabriela, será indicada após a consulta inicial (avaliação física), pois vai variar de acordo com o estado físico de cada indivíduo e os objetivos do tratamento, porém, a prática de exercícios físicos é recomendada em média três vezes por semana.

Quem pode aplicar a musculação terapêutica?

A musculação terapêutica pode ser aplicada por fisioterapeutas e profissionais de educação física, cada um dentro de seu âmbito profissional. O fisioterapeuta vai trabalhar mais voltado à reabilitação; e o profissional de educação física, ao treinamento físicodesportivo. Gabriela explica que para ser um membro da associação, é necessário realizar uma prova anualmente e enviar, pelo menos, um caso clínico por ano ao presidente da entidade, além disso deve manter atualização constante sobre a musculação terapêutica.

Onde encontrar a musculação terapêutica?

Em Blumenau e região, Gabriela é uma das poucas profissionais que integram a Associação Brasileira de Musculação Terapêutica e Treinamento Físico. O método é oferecido na Clínica Santé – Estética e Saúde, na rua Frederico Guilherme Busch Sênior, 209, Bairro Jardim Blumenau.

 

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: