Novo aplicativo estimula interatividade social em locais públicos

O Beevy, aplicativo voltado para a interatividade social em locais públicos, acaba de ser lançado, após dois anos de desenvolvimento. O novo app aposta em um mecanismo pioneiro de funcionamento, que utiliza pontos fixos como referência para a localização de usuários, e não o posicionamento destes em relação uns aos outros, como fazem as ferramentas mais conhecidas. Ou seja, quando chegar a algum lugar mapeado pelo Beevy, o usuário será automaticamente detectado e poderá ser visto pelos demais usuários que estejam no mesmo local, assim como também poderá vê-los e se comunicar com eles, através de mensagem. Quem usar o aplicativo também poderá checar quem são as pessoas que estão em um local antes mesmo de ir até ele, pesquisando no mapa da ferramenta.

“Se eu for a um parque, um restaurante ou uma casa noturna, por exemplo, terei acesso a pessoas que usam o aplicativo, conhecendo-as ou não, e estejam ali naquele momento. Poderei ver o perfil delas e iniciar um contato”, explica o idealizador do aplicativo, Rodrigo Pereira, que reside em Blumenau (SC). Um dos diferenciais da ferramenta, segundo ele, é que ela estimula não apenas o contato virtual, mas também a interação pessoal.

Inicialmente o app está disponível apenas na Play Store em versão beta. A ferramenta já foi testada em diferentes situações e até o momento vem mostrando índice satisfatório de confialbilidade, com margem de erro inferior a 20%.

 

Capitais

Além de Blumenau e principais cidades de Santa Catarina, onde foi desenvolvido, o Beevy já tem locais mapeados nas principais capitais do Sul e do Sudeste. Fortaleza (CE), onde o projeto encontrou entusiasta disposto a contribuir com sua evolução, também já tem locais cadastrados.

Até o final do ano, deverão estar cadastradas demais capitais e cidades com mais de 200 mil habitantes, enquanto ao longo do ano que vem serão incluídas as cidades com mais de 100 mil habitantes.

 

Como funciona o Beevy

Cada ponto fixo em relação ao qual o posicionamento do usuário é identificado representa um local público, podendo ser um bar, restaurante, casa noturna, cinema, shopping, praça pública ou outro lugar qualquer. Usando tecnologia conhecida, baseada na localização por satélite, o novo software inova na forma e nos mecanismos de utilização desta tecnologia, colocada a serviço de uma nova concepção de rede social. Beevy propõe maior interatividade entre pessoas que não se conhecem, oferecendo a elas uma ferramenta que facilita o contato entre indivíduos quando eles estão num mesmo lugar ou que pretendem ir até ele.

O uso do aplicativo é bem simples. Em um mapa, diversos balões marcam os lugares programados para identificar a localização de usuários. Tocando sobre cada balão, é possível visualizar o lugar que ele representa e as pessoas que estão ali naquele momento. Quando já estiver em um local mapeado, o usuário verá na tela os demais usuários que também estão, automaticamente, ao abrir o aplicativo, de forma intuitiva e funcional. Visualizando o perfil de cada um, poderá se comunicar eles, independentemente de conhecê-los ou não.

O sistema de funcionamento do Beevy foi programado para fazer check in e check out automaticamente, com o objetivo de mostrar apenas os usuários que estejam em tempo real nos locais mapeados. Assim, quando o usuário entra e sai de um lugar mapeado pelo Beevy, é adicionado e removido da tela de exposição de usuários pelo próprio aplicativo. Com isso, é possível conferir o local que mais agrada ao público do momento, antes mesmo de sair de casa ou do trabalho para ir até ele. Ou, já estando lá, se comunicar com as demais pessoas que também estejam.

 

Diferença

Ao contrário de ferramentas que mostram o histórico de check in dos usuários nos locais, o Beevy apresenta apenas os usuários que estão em determinado local em determinado momento, utilizando o mecanismo descrito acima. Assim, se você procura alguém que acabou de ver pessoalmente em um local, não precisará correr uma lista interminável de todas as pessoas que já fizeram check in ali, pois irá visualizar apenas aquelas que estão no local naquele momento.

Outra diferença marcante para ferramentas que usam geolocalização é que o Beevy trabalha com um banco de dados próprio, mapeando apenas os locais que mais interessam aos usuários, e não todos os locais que integram o banco de dados do Facebook ou do Google, por exemplo, nos quais estão também consultórios odontológicos, clínicas veterinárias, igrejas, oficinas mecânicas e toda sorte de lugares onde o usuário não terá interesse em procurar pessoas.

 

Próximos passos

O Beevy agora participa de diferentes processos de seleção para programas de aceleração de startups – entres os quais 100 Open Startup, Oxigênio e Sinapse da Inovação –, com o objetivo de captar investimento para aprimorar seu desenvolvimento e itensificar sua divulgação. Paralelamente, seus controladores seguem fazendo investimento próprio tanto em desenvolvimento quanto em divulgação, embora em níveis limitados pela escassez orçamentária de uma startup.

Durante a Oktoberfest, a maior festa da tradição germânica do país que ocorre em Blumenau até o dia 25 de outubro, a aposta foi em uma ação de marketing de guerrilha. Quem baixar o Beevy durante o evento, poderá ver os demais usuários que também baixarem e se comunicar com eles, experimentando uma solução inteiramente nova de interatividade social.

Para colher a opinião de quem usa a ferramenta, tirar dúvidas e esclarecer aspectos de seu funcionamento, estão disponíveis conteúdos de apoio e canais de contato, no endereço beevyapp.com – que pode ser acessado pelo próprio aplicativo.

 

beevy

 

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: