Oficina ensina arte milenar do Batik

Blumenau – A arte milenar do Batik – técnica artesanal de tingimento em tecido originária da ilha de Java, na Indonésia – será ensinada em uma oficina promovida pelo Atelier Arte da Mata em parceria com a isCool, no dia 23 de julho. Serão oito horas de atividades, que acontecem no Coletivo de Arte Balbúrdia e as aulas serão ministradas por João Tomazoni e Débora Mafra, de Piçarras.

 

O processo do Batik consiste em reservar a cor do tecido com ceras derretidas antes do tingimento feito a frio. A cera quente é utilizada para delimitar o desenho e cobrir o tecido pelos dois lados. Segundo os facilitadores, a técnica pode despertar um hobby, funcionar como terapia e até mesmo ser uma opção de renda. É possível produzir luminárias, almofadas, roupas, quadros, entre outros. Os participantes da oficina receberão todo o material necessário para aprender a técinca: tecido de algodão indicado para a atividade, ceras e parafinas, o Tjanting – instrumento específico para  a prática do batik – e pequenas panelinhas para aplicação da cera.

 

Sobre a arte do Batik

 

Batik não é uma pintura sobre um pedaço de tecido; é tingir o próprio tecido com uma determinada figura ou padronagem. O método consiste em preparar algumas partes do tecido para que não recebam a tinta. O processo do Batik – técnica tradicional da Indonésia – consiste em reservar a cor do tecido com ceras derretidas antes do tingimento feito a frio. A cera quente é utilizada para delimitar o desenho e cobrir o tecido pelos dois lados. Esse processo de reserva e tingimento deverá ser repetido de acordo com a quantidade de cores aplicadas para se obter a estampa.

 

A reserva de cera pode ser aplicada com uma espécie de funil de cobre – o tjantjing – que conserva a cera quente em pequenas medidas enquanto ela vai escoando e definindo o desenho. O tjantjing, um instrumento assim chamado pelos javaneses, é utilizado para a execução de desenhos muito definidos, proporcionando grande beleza e delicadeza aos estampados no chamado batik tulis. Outro método para aplicar a reserva de cera consiste na utilização de um carimbo de metal: otjap. Este tipo de carimbo é mergulhado na cera quente e depois pressionado contra a superfície do tecido, marcando o desenho modelado no metal. Este procedimento, ao ser repetido várias vezes, rapidamente cria um padrão em qualquer parte do tecido. Uma característica exclusiva desta estamparia por reserva é o craquelê, um resultado muito peculiar que é revelado após os tingimentos e a retirada das ceras.

 

 

Sobre a isCool

 

A isCool é uma escola participativa, que estimula e simplifica a troca de conhecimento. O fundado, Rodrigo Oneda Pacheco, acredita que conhecimento só tem valor se for compartilhado. Por isso, o propósito da instituição, que oferece cursos e workshops sobre diversas áreas de atuação, é promover experiências de aprendizagem entre quem tem algo a ensinar com quem tem algo para aprender. Saiba mais em http://www.iscool.co.

 

Agenda – Oficina artesanal: Batik – arte milenar, com João Tomazonie Debora Mafra

Data: 23 de julho

Local: Rua Comandante Joãozinho Haeger, nº 112 – Centro/Blumenau.

Investimento: R$ 280,00 por pessoa. Depósitos ou pagamentos à vista têm 10% de desconto.

Telefone: (47) 3035-1294

Email: atividades@iscool.co

10942739_1529074337354745_3307049474161005546_n

 

11822273_1600874080174770_2094888337948371588_n

 

10945740_1531589090436603_1664010638580515566_n

 

11202102_1600874176841427_417051450356995598_n

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: