Porto de Itapoá recebe visitantes

A Hamburg Süd e Aliança Navegação e Logística em conjunto com a Câmara de Comércio Brasil-Alemanha promovem uma visita ao Porto de Itapoá (SC), no dia 17 de novembro. A programação tem início às 12h30 com um almoço para os convidados, seguida de uma apresentação sobre aspectos técnicos do Porto. Os visitantes também farão a travessia do canal e uma visita ao complexo portuário. Empresas associadas à Câmara Brasil-Alemanha podem participar do evento, mas as vagas serão limitadas aos que confirmarem presença mediante o pagamento de uma taxa de adesão.

O objetivo da visita é apresentar aos associados as instalações do Porto de Itapoá e de que forma o empreendimento poderá contribuir com oportunidades de crescimento e desenvolvimento para toda a região Sul. Os estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul ainda não contam com um terminal portuário com profundidade compatível para atender navios de grande porte. Assim, com a construção do novo porto, diversas empresas serão beneficiadas, principalmente na área de comércio exterior.

Sobre o Porto de Itapoá

O Porto de Itapoá será inaugurado em dezembro e contará com três berços de atracação. O diretor-superintendente da Aliança Navegação e Logística, Julian Thomas, explica que o empreendimento oferece ao mercado um novo conceito global de complexo portuário. “O terminal marítimo terá o suporte de uma retro-área, de aproximadamente 12 milhões de metros quadrados, e que vai abrigar indústrias e empresas prestadoras de serviço. O objetivo é promover o desenvolvimento regional com acessos, berços e pátios, com custos compatíveis”, destaca. A Aliança Navegação e Logística é uma das empresas acionistas no Porto de Itapoá.

Na primeira fase, o terminal terá capacidade para movimentar mais de 300 mil contêineres por ano. Vai atender o transporte de longo curso, cabotagem e funcionar como porto concentrador de atividades de comércio exterior em Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. O Porto de Itapoá será equipado com quatro portêineres, 11 transtêineres e 26 terminal tractors e terá capacidade para receber navios com capacidade para nove mil TEUs. “Tudo isso será realizado e monitorado com avançadas tecnologias, além de seguir o ISPS Code, regulamentação internacional de segurança portuária”, acrescenta Thomas.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: