Prevenção contra incêndios deve ser redobrada em indústrias têxteis

É necessário ficar atento com o maquinário e tecidos, itens que são facilmente consumidos pelo fogo.

De acordo com o Anuário Brasileiro de Proteção, mais de 47 mil pessoas sofreram acidentes de trabalho em 2012. De acordo com a Norma Regulamentadora 12, que diz respeito à segurança no trabalho em máquinas e equipamentos é necessário que as instalações elétricas das máquinas e equipamentos sejam projetadas e mantidas de modo a prevenir o choque elétrico, incêndio e a explosão, riscos comuns em indústrias têxteis.

Este tipo de indústria está entre as empresas com maiores risco de incêndios, por conta da matéria prima com que trabalham como algodão, tecidos e linhas, itens com maior poder de propagação de fogo. Por este motivo é necessário investir em medidas de proteção e segurança contra incêndios, que vão evitar os prejuízos e danos.

De acordo com a Norma Regulamentadora 23, que diz respeito à proteção contra incêndios, toda empresa deve ter um brigadista, seja voluntário ou particular. O brigadista é aquele que possui conhecimento sobre prevenção e combate a incêndios, primeiros-socorros e brigada de incêndio, de forma a poder agir com competência e objetividade no desempenho de suas atividades.

A principal dificuldade apontada pelas indústrias para cumprir a norma é a necessidade de liberar por quase uma semana um profissional para o treinamento. Porém, uma empresa de Blumenau (SC) é pioneira no oferecimento do curso on-line de formação e reciclagem de brigadistas. O curso, desenvolvido pela Evolke Treinamentos, tem como objetivo formar pessoas para que estejam aptas a realizar ações preventivas e emergenciais nas empresas em que atuam. Os participantes recebem instruções sobre combate ao fogo, prevenção de incêndios, abandono de área e primeiros socorros. Ele é oferecido nas modalidades online, presencial ou combinado.

Hugo Vogel, diretor comercial da Evolke, explica que as aulas são focadas no aluno, de modo interessante e didático. Além disso, respeitam o ritmo de aprendizado individual. “Utilizamos recursos 3D, animações, vídeos, infográficos, personagens e jogos com o objetivo de gerar engajamento e garantir melhor aprendizagem para os participantes”, ressalta.

A Evolke

Além de treinamentos padronizados, como o de brigadista, a empresa elabora cursos de acordo com as necessidades do cliente, auxilia na implantação dos sistemas de gestão de conhecimento e ainda desenvolve vídeos e imagens em 2D e 3D para ser usado nos manuais interativos que a empresa entrega ou para serem utilizados como materiais de marketing. “A Evolke acredita que o desenvolvimento intelectual é determinado pela relação do usuário com a informação que está sendo transmitida, por isso, acreditamos que a interatividade é um ponto forte para melhor fixação de conteúdo”, explica o diretor.

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: