Provérbios – Séculos de ideias em poucas palavras

Exposição resgata parte de antiga cultura trazida pelos imigrantes alemães

A partir do dia 11 de novembro Blumenau vai poder reviver parte de um passado ainda cultivado por poucos, mas conhecido por muitos que conviveram com seus pais ou avós descendentes de alemães. Até pouco tempo atrás, era comum decorar a casa com quadros, pratos de porcelana ou bordados com provérbios alemães, cujo sentido era quase sempre relacionado à proteção divina e ao trabalho, de forma educativa ou de orientação. E não era apenas na ornamentação da casa que se utilizavam os provérbios. O próprio diálogo dos mais antigos era permeado de citações, aforismos, máximas e provérbios, fazendo essas expressões parte do vocabulário cotidiano.

São esses ensinamentos dos provérbios alemães, porém com uma nova roupagem, que a exposição “Provérbios: séculos de ideias em poucas palavras”, aberta para visitação a partir do dia 11 de novembro no Espaço da Cultura Popular da Fundação Cultural de Blumenau, pretende mostrar ao público, por meio de quadros e instalações utilizando a técnica de caligrafia artística, com bico de pena. O passado retorna por meio de objetos antigos, como os móveis de brinquedo confeccionados em madeira no início do século passado, o uniforme de um soldado alemão, as cartas escritas na década de 30 e outras lembranças.

“Alle guten Dinge sind drei“

O provérbio alemão que, numa tradução livre, pode ser interpretado como “Tudo o que é bom vem em três”, é o tema da exposição, por uma razão simples: os trabalhos apresentados foram idealizados e produzidos por três pessoas. Marion Bubeck foi a grande incentivadora, arquitetou e concebeu todas as instalações. Sylvio Zimmermann Neto é o calígrafo, que há muito tempo imaginava uma maneira de examinar a influência dos provérbios na formação cultural do Vale do Itajaí. Começou pesquisando a ligação antropológica dos imigrantes com o empreendedorismo e encontrou uma resposta nos ditados que incitam o trabalho. Cristiane Soethe realizou a pesquisa e concepção dos textos que contextualizam a exposição. Juntos, os três buscaram a melhor sinergia para que todas as peças se encaixassem o mais perfeitamente possível nas suas tradições, expectativas e emoções.

Sabedoria popular e lições de moral

Num contexto em que absorvemos uma quantidade enorme de novas informações diariamente, guardamos algumas manifestações do passado cristalizadas em nossa memória como expressões que trazem em si seculares conceitos, sejam de caráter moral, ético ou religioso. A lingüística chama essas expressões de provérbios. A origem dos provérbios está na sabedoria popular, no folclore, nas lendas e mitos dos povos, uma vez que exprimem conhecimento e crenças. Com humor muito peculiar, os ditos populares alemães falam principalmente sobre tempo, natureza, trabalho, Deus e valores morais.

SERVIÇO
Exposição Provérbios: séculos de ideias em poucas palavras
Quando: abertura no dia 11 de novembro, às 20h
Local: Espaço da Cultura Popular, Fundação Cultural de Blumenau

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: