Qual o seu perfil comportamental?

Por Alexandra Mendes

Master Coach e Analista Comportamental.

Você já cogitou a ideia de realizar uma análise de perfil comportamental na sua vida pessoal ou profissional? Ou nunca pensou a respeito por desconhecer o processo? Iniciativas voltadas ao aperfeiçoamento são válidas em razão dos benefícios que proporcionam. A análise de perfil comportamental consiste em analisar as competências do indivíduo fazendo uma relação com as suas atitudes e comportamento, ou seja, com o jeito de ser e de agir dele. Por isso, a ferramenta é útil para descobrir talentos e também para colocar as pessoas certas nos lugares certos, extraindo o potencial máximo de cada uma delas, proporcionando qualidade de vida e também rendimento e sucesso.

Desde que atuo como Analista de Perfil Comportamental, eu venho me apaixonando cada vez mais por essa ferramenta que está me apoiando a impactar a vida das pessoas de forma extremamente positiva. Imagina você saber quem é na sua essência, suas características e competências, todas reconhecidas de forma científica por um software que foi criado em 2013, o CIS Assessment. Ele é baseado na metodologia DISC, reconhecida mundialmente e mais ainda, contempla também as Teorias dos Tipos Psicológicos de Carl Gustav Jung e a Teoria de Valores de Eduard Spranger, o que traz informações valiosíssimas para melhor compreensão do ser. Foi desenvolvido pelo psicanalista Deibson Silva e o PhD em Coaching Paulo Vieira e apresenta 99% de precisão.

Análise de Perfil Comportamental

Neste momento você deve estar se perguntando: de que maneira essa análise pode me apoiar? Eu lhe digo, com a minha experiência em análise de perfil comportamental, pude, inicialmente, me compreender melhor, e a partir desse ponto, olhando ao meu redor, percebi o quanto somos diferentes um do outro, mesmo sendo semelhantes, e como através da minha compreensão de mim mesma e das pessoas eu pude melhorar meus relacionamentos, tanto na vida pessoal quanto empresarial.

Enquanto analista, hoje eu vejo pessoas se reconectando com seu propósito de vida, descobrindo competências já desenvolvidas que não reconhecia anteriormente. Compreendendo como lidar com seus medos, entendendo seus comportamentos a desenvolver quando estão no momento de estresse. Compreendendo como captam as informações, porque decidem de tal maneira e como chegam as suas decisões e ações.

Com a análise de perfil comportamental é possível ver pessoas tomando a consciência da melhor adequação nas organizações para pessoas que tem o perfil comportamental como o seu. Pessoas mais leves, mais felizes, com a certeza de estar no caminho certo, ou a certeza de que precisa se ajustar ao caminho que está. Vejo pessoas se libertando das armaduras que carregaram durante anos, acreditando que aquele era o seu papel, sem saber do que estavam precisando se libertar e também vejo pessoas sem perspectiva voltando a sonhar, que sabem exatamente onde querem chegar, tomando para si seus recursos e assumindo o seu barco da vida, rumo ao sucesso.

O teste DISC é um dos mais utilizados no meio corporativo por ajudar a alavancar resultados mais produtivos e encaixar as pessoas na função certa. Ele é baseado por quatro pilares básicos: Dominância é o fator da objetividade, da assertividade, indica como a pessoa lida com as adversidades e desafios da vida. Influência é o fator da comunicação e sociabilidade, indica como a pessoa lida com as pessoas e suas influências. Estabilidade é o fator do equilíbrio empatia e lealdade, indica como o indivíduo lida com mudanças e estabelece seu ritmo. E, Conformidade, que é o fator de estrutura, do detalhe e do fato, indica como a pessoa lida com regras e preconceitos.

Pessoas que tem o Fator Dominância (D) alto, tem uma forte tendência a serem mais falantes, com foco nos resultados, por vezes intolerantes, a comunicação é mais direta e objetiva. As pessoas que tem o Fator Influência (I) alto, tem uma forte tendência a serem mais sociáveis, otimistas, persuasivas, mais falantes do que ouvintes, foco nas pessoas, a comunicação tende a ser informal. As pessoas que tem o Fator Estabilidade (S) alto tem uma forte tendência a serem previsíveis, buscar segurança, planejadores, cooperadores, a comunicação tende a ser mais suave, gostar mais de ouvir do que falar. As pessoas que tem o Fator Conformidade (C) alto, tem uma forte tendência a serem criteriosas, ter atenção aos detalhes, busca entender o que precisa ser feito, a comunicação tende a ser formal e específica, tende a preferir ouvir do que falar.

O DISC avalia o comportamento das pessoas no ambiente em que estão inseridas e os motivos que as levam a apresentar determinadas ações e reações. As pessoas costumam ter um, dois ou três estilos predominantes, sendo que nenhum é melhor que o outro, cada um tem suas particularidades. Existem várias combinações possíveis de predominância.

É importante ressaltar que o que gera efetivamente os resultados e a transformação são as ações a partir das fichas que caem, a análise de perfil comportamental traz a tomada de consciência, para isso é necessário sair da zona de conforto, mudar, agir e ir atrás dos seus sonhos para viver uma vida abundante.

Algo que costumo dizer em sessões de coaching e transcrevo para você agora, o perfil natural uma vez reconhecido, te apoia a saber suas fortalezas e debilidades, justamente para que você tenha coragem para flexibilizar e ser quem você quiser. O objetivo é apoiar o indivíduo a se libertar, se conhecer e a partir desses pontos, se superar e buscar ser a sua melhor versão. Se você deseja ser a sua versão, você merece viver e passar por essa experiência!

 

 

Mais informações:
Presse Comunicação Empresarial – Assessoria de Imprensa
Blumenau – Santa Catarina
(47) 3041-2990 ou 3035-5482 | www.presse.inf.br

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: