Sincor de Santa Catarina comemora 50 anos

O Sincor-SC (Sindicato dos Corretores de Seguros no Estado de Santa Catarina) comemorou na quinta-feira, dia 30, seus 50 anos de fundação. Na ocasião, foram homenageados todos os ex-presidentes e pessoas que fizeram parte da história do sindicato. A solenidade ocorreu no Teatro Carlos Gomes, em Blumenau e reuniu convidados ligados ao ramo de seguros, que vieram de diferentes partes do país para prestigiar o evento. Entre eles, o presidente da Escola Nacional de Seguros (Funenseg), Robert Bittar, e o presidente do Sindicato das Seguradoras, Previdência e Capitalização (SindisegSC), Paulo Lückmann. Durante a solenidade, foi exibido um documentário contando a história do Sincor-SC, com a participação de ex-presidentes e do atual, Odair Roders, bem como de seguradores que iniciaram junto com a história do sindicato.

Em seu discurso, Roders destacou o papel fundamental da entidade na evolução do trabalho dos corretores, atuando na capacitação da categoria, com cursos, palestras e eventos promovidos em várias cidades do estado. “Também contribui com a sociedade, promovendo projetos sociais, a exemplo do Futuro Seguro, que leva literatura a crianças carentes”, lembrou o presidente.

Entre as inúmeras conquistas durante os 50 anos de história do Sincor-SC, destacam-se a criação da Credicor – Cooperativa de Crédito; a valorização do profissional por meio de intensas campanhas de marketing; e a criação do código de ética. Também recentemente o Sincor-SC passou a ocupar sua nova sede, uma estrutura moderna e capaz de atender às necessidades dos associados.

Sobre a história do Sincor-SC

Quando a entidade foi fundada, por volta de 1960, a profissão ainda não era regulamentada. Na época, jovens corretores começaram a se organizar na cidade de Itajaí (SC), liderados por Carlos Fernando Priess, que logo se tornou o primeiro presidente do Sincor-SC.

Pouco tempo depois, diante da manifestação de profissionais de outras regiões, o sindicato foi estadualizado e transferido para a cidade de Blumenau. José Alberto Krueger foi o segundo presidente do Sincor-SC e responsável por essa mudança e pelo elo entre corretores e o registro junto à Susep (Superintendência de Seguros Privados).

No terceiro mandato, quem esteve à frente do sindicato foi o Bertoldo Neitzel, já falecido. Neitzel foi parte da importante da história da entidade. Trabalhou na organização das contas e dos poucos associados que o Sincor-SC possuía na época. Foi considerado empreendedor pioneiro na área de seguros, difundindo as atividades por todo o Estado.

Guido Magnani assumiu a presidência em 1970 e teve destacada atuação na fundação da Fenacor (Federação Nacional dos Corretores de Seguros Privados e de Resseguros, de Capitalização, de Previdência Privada, das Empresas Corretoras de Seguros e de Resseguros).

Em seguida, quem tomou posse foi Anisio Rausch, que manteve a categoria dos corretores na busca de espaço no mercado. No final da década de 80, Claudio Simão assumiu a direção do Sincor-SC e promoveu a aquisição da primeira sede própria. Simão atuou na profissionalização dos profissionais, por meio de congressos e simpósios no Estado e no país.

[photopress:Foto_756_1.jpg,resized,centered]

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: