Sociedades de Canto, Pixinguinha e Villa Lobos na biblioteca da Escola de Música do Teatro Carlos Gomes

A Biblioteca da Escola de Música recebeu dois volumes de dissertações de Mestrado de um professor e de um ex-professor da escola: “As Sociedades de Canto da Região de Blumenau no Início da Colonização Alemã (1863 -1937 )”, do professor e regente da Orquestra Prelúdio, Roberto Rossbach; e “Choro Pagão de Pixinguinha e Choros 2 de Villa-Lobos”, do ex-professor Leandro Gaertner.

O trabalho de Rossbach trata de uma das principais manifestações culturais dos imigrantes no início da colonização alemã na região de Blumenau: as sociedades de canto, que eram coros masculinos que cantavam repertório secular. A atividade destas sociedades foi intensa desde os primeiros anos da fundação da Colônia Blumenau até a proibição das manifestações culturais dos alemães no Brasil, com a Campanha de Nacionalização, instituída pelo Governo Federal Brasileiro, a partir de 1937.

Baseado em documentos textuais manuscritos e impressos como estatutos, atas, correspondências, relatórios, jornais, além de fotografias e livros de canções, o trabalho procura esclarecer o papel desses grupos na difusão do movimento cultural local e suas contribuições para a continuação desta tradição que se mantém viva até os dias de hoje.

A dissertação de Gaertner consiste em duas análises musicais de duas obras clássicas do repertório brasileiro: o “Choro Pagão”, de Pixinguinha, e o “Choros 2”, de Villa-Lobos. Estas análises foram orientadas sob a perspectiva do intérprete, que investiga o conteúdo musical presente na composição em busca de informações pertinentes à interpretação, associando informações do discurso musical (sobretudo teóricas), históricas e outras fontes acadêmicas à experiência do músico intérprete.

Interessados em consultar as publicações, podem procurar a Biblioteca da Escola de Música. Mais informações pelo telefone (47) 3037-3400.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Presse - Todos os Direitos Reservados

Desenvolvido por: